Imagem da matéria: O homem que se transformou numa criptomoeda e arrecadou R$ 100 mil
Alex Masmej (Foto: Instagram)

Alex Masmej sonha em ser um semi-deus do Vale do Silício. E o parisiense de 23 anos se vendeu por meio de um ICO na semana passada para atingir esse objetivo.

Mais especificamente, Masmej está vendendo tokens – chamados $ALEX – para que as pessoas que acreditam em Alex Masmej possam comprar frações dele e de seu sucesso.

Publicidade

Até agora, 30 investidores participaram do ICO, que gerou US$ 20.092 (aproximadamente R$ 100 mil) para sua viagem pelo Atlântico, afirmou. A venda do token terminou em 12 de abril, após 5 dias.

De acordo com a CoinGecko, um token de $ALEX vale US$ 0,01.

O que se pode fazer com um $ALEX? O que não se pode fazer? Entenda:

  • É prometido aos detentores de $ALEX uma parte de qualquer dinheiro que ele ganhar nos próximos três anos! (Ele pagará até um total de US$ 100.000 em três anos – o resto é de Masmej).
  • Detentores de $ALEX podem votar em algumas de suas decisões de vida!
  • Podem solicitar que ele os promova através de seus canais de mídia social!

Até o momento, Alex tem 3.258 seguidores no Twitter, 517 seguidores no Instagram e mais de 500 conexões no LinkedIn.

Masmej, em troca desse novo tipo de servidão contratada, promete se dedicar à abertura de novos negócios. Ele disse ao Decrypt que tem planos de criar uma startup de finanças descentralizada que se concentre na economia do consumidor. “Não apenas você pode obter um retorno de até 5x em 3 anos, mas também pode lucrar com o preço de mercado de $ALEX”, disse.

Um homem chamado Masmej

Quem é esse homem que coloca a vida em um ICO? Depois de deixar a Universidade de Manchester, na Inglaterra, em 2017, Masmej co-fundou uma startup no Reino Unido que combinava esboços de papel com designers 3D. Ele disse que falhou após seis meses. Em seguida, ele voltou para sua cidade natal, Paris, para iniciar um meet-up.

Publicidade

Então, em julho de 2019, Masmej disse que se mudou para San Francisco, Califórnia, onde fundou uma empresa de empréstimos com cripto-colecionáveis, a RocketNFT, e uma iniciativa de marketing descentralizada, MarketingDAO, ambas ainda funcionais.

O melhor de tudo, e talvez o mais mágico: em uma cidade conhecida por seus aluguéis incrivelmente altos, Masmej disse que conseguiu quatro meses de aluguel grátis em São Francisco entre julho e dezembro de 2019, quando o bilionário francês Xavier Niel o alojou em sua escola de programação, 42. Masmej disse que desistiu “muito cedo” para se concentrar em seus projetos cripto.

Masmej disse que agora está de volta a Paris, mas pretende voltar para São Francisco o mais rápido possível e planeja ficar lá. “Mudar para SF também é o melhor lugar no ocidente para os talentos de tecnologia e financeiro”, explicou. “A maioria das pessoas extraordinárias que conheço vive em SF.”

Um benfeitor rico

Chris Furlong, que dirige a consultoria de blockchain Blockstar Studio, está entre os 30 investidores do ICO de Masmej. Cativado pela novidade da história de Masmej, Furlong comprou de 4 a 5 ETH (US $ 600 a US $ 750).

Publicidade

“Fiz isso porque gostei da história”, disse ele ao Decrypt. Furlong disse que aplaudiu a inovação de Masmej no marketing de blockchain – como Masmej, Furlong trabalha no design e marketing de produtos, mas “não pode programar para salvar minha vida”.

Furlong está procurando aprofundar o marketing de blockchain e o design de produtos, e acha que Masmej “é uma boa pessoa para conhecer e uma boa pessoa para apoiar”. A compra de ações da Masmej lhe renderá “conexões, acesso e rede. Alguém cujo cérebro eu posso escolher.

Ele disse que se absteria na maioria dos votos que decidem o destino de Masmej.

Furlong considera seu investimento em Masmej uma versão digital do sistema de patrocínio, como descobrir um artista emergente e “dar a eles a capacidade de comprar tinta, tela e espaço de estúdio”.

A boa impressão

Um investimento em Masmej é bom demais para ser verdade? “Como não há contratos legais, tecnicamente posso fugir com o dinheiro”, disse ele. E mesmo que os US$ 20.000 que ele levantou sejam armazenados em uma carteira pública visível na blockchain, Masmej disse que “poderia drená-la de forma transparente”.

Mas o motivo de ele não fazer isso é porque “isso prejudicará minha reputação entre as pessoas de quem preciso de ajuda”, disse ele, citando investidores e colegas fundadores. “Minha marca pessoal gira em torno da transparência”, disse ele, acrescentando que “é mais provável que eu não ganhe dinheiro e pague muito pouco”.

Publicidade

E a SEC, o órgão regulador encarregado de fazer cumprir as leis de valores mobiliários?

Embora Masmej tenha dito em seu anúncio do ICO que seu token não é um valor mobiliário, ele disse ao Decrypt que “talvez”, aqueles que dizem isso podem ter razão. Ele espera que, de qualquer maneira, levantando uma quantidade tão pequena, de apenas 30 investidores, “a SEC não se importe comigo”, disse ele.

De qualquer forma, Masmej ressalta que o Block.One levantou US$ 4 bilhões e recebeu um tapa de US$ 20 milhões no pulso. O aspirante a semi-deus Masmej nos disse que ele está definitivamente “disposto a pagar essa %”, caso isso ocorra.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt Media

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Fotos dos equipementos de mineração de criptomoedas operados com furto de eletricidade em Canela, RS

Polícia Civil do RS fecha fazenda de mineração de criptomoedas que lucrava R$ 400 mil por mês

Além de crime de furto de energia, casal preso responderá por porte ilegal de arma e lavagem de dinheiro
Ilustração mostra mãos robótica segurando moeda de Bitcoin

Manhã Cripto: Tokens ligados à inteligência artificial ofuscam Bitcoin com ganhos de até 26% no dia

Fetch.ai e SingularityNET surpreendem com ganhos entre 24% e 26% nas últimas 24 horas
Moeda de Tether apoiada sobre outras deitadas

Tether anuncia fim de cunhagem de USDT nas redes EOS e Algorand

Segundo a Tether, a ação faz parte de uma “transição estratégica para priorizar o suporte a blockchain orientado pela comunidade”
Imagem da matéria: Traders de Ethereum apostam na estratégia "Condor de Ferro" para aumentar lucros; entenda

Traders de Ethereum apostam na estratégia “Condor de Ferro” para aumentar lucros; entenda

Os traders têm usado a faixa de preço entre US$ 3.200 e US$ 3.400 para definir o risco, disse a Wintermute