Imagem da matéria: Procurador de NY Inicia Investigação em Exchanges de Criptomoedas
No centro, o procurador Eric Schneiderman (Foto: Metropolitan Transportation Authority/Patrick Cashin)

Como parte de um esforço para proteger os investidores de criptomoedas e trazer maior transparência sobre o funcionamento das exchanges, o procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman, enviou cartas a 13 plataformas que negociam moedas digitais solicitando informações sobre suas operações.

“Com o aumento da criptomoeda, os consumidores em Nova York e em todo o país têm direito à transparência e responsabilidade quando investem seu dinheiro”, disse o procurador-geral em um comunicado divulgado na última segunda-feira (16). Não temos os fatos básicos que eles precisam para avaliar a justiça, integridade e segurança dessas plataformas de negociação”.

Publicidade

A carta fazia parte de uma “Iniciativa de integridade dos mercados virtuais”, lançada por Schneiderman para esclarecer as políticas e práticas das plataformas usadas pelos consumidores para negociar criptomoedas e tokens de oferta inicial de moedas (ICO).

De acordo com a Bitcoin Magazine, além da carta, o procurador-geral enviou um questionário de três páginas à Coinbase, Gemini, Bitfinex, Poloniex e outras nove plataformas pedindo-lhes informações tais como os bancos que usam, os fundos de clientes, as taxas cobradas escopo de autoria, entre outros.

Nos EUA, a regulação é intrincada. As empresas de criptomoedas e as plataformas de negociação precisam levar em conta reguladores federais, como a Securities and Exchange Commission (SEC), a Financial Crimes Enforcement Network e a Commodity Futures Trading Commission, mas também precisam lidar com reguladores em cada um dos 50 estados.

Stephen Palley, advogado em Washington especializado no assunto, não se surpreendeu com a iniciativa da procuradoria geral de Nova York, apesar de sua expectativa um tanto sombria. “Este é apenas o começo. Haverá um grande ataque. Ele vai parar ou fechar um monte de exchange dos EUA”, disse à Bitcoin Magazine.

Publicidade

O mercado reagiu imediatamente. Na época, a cotação do bitcoin caiu abaixo de US$ 7.900. Em questão de minutos o preço despencou de US$ 8.090 para US$ 7.855 na Bitfinex.

Leia também: Bitcoin Chega Próximo dos US$ 10.000, Mas Cai US$ 700

BitcoinTrade

BitcoinTrade é a plataforma mais segura do Brasil para comprar e vender Bitcoin e Ethereum, junte-se agora a mais de 135 mil clientes satisfeitos. Gerencie também suas moedas digitais utilizando nosso aplicativo para dispositivos com iOS ou Android. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume hospeda mais de 80 projetos RWA, abrangendo itens colecionáveis, ativos alternativos, sintéticos, bens de luxo, imóveis, DeFi e muito mais
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide