Imagem da matéria: Nova versão da Balancer promete reduzir pela metade taxas do Ethereum em DeFi
Foto: Shutterstock

A Balancer, um dos market makers automatizados (AMM) mais utilizados no setor DeFi, lançou na terça-feira (11) a sua nova versão 2.0 , cujo objetivo central é reduzir os custos de gas dos projetos que operam no ecossistema do Ethereum.

Conforme explicou a empresa no seu blog, isso será possível uma vez que todos os pools gerenciados por ela agora serão administrados a partir de um único cofre.

Publicidade

“Com o novo protocolo da Balancer, mesmo que as negociações sejam realizadas entre vários pools, apenas os valores de token líquidos finais são transferidos de e para o cofre, economizando uma quantidade significativa de gas no processo”, escreveu.

Ao centralizar os ativos no mesmo lugar, transacioná-los na rede ficará mais barato, e o custo médio das taxas de gas pode ficar 50% menor do que os valores cobrados atualmente.

Até então, negociar com dois ou mais pools era considerado ineficiente porque os usuários precisavam pagar gas para cada troca de tokens ERC-20. 

Taxas de gas podem cair pela metade

Para explicar na prática qual é o impacto da nova atualização, a Balancer simulou qual seria o consumo de gas de uma transação simples de WETH para DAI. 

Publicidade

Na versão original do projeto, essa troca consumiria cerca de 156 Gwei. Já na versão 2.0, o custo cairia para 94 Gwei, uma redução de 40%. Caso a transação aconteça entre tokens já armazenados na Balancer, o custo de gas cai para 53%.

Os desenvolvedores ressaltam que mesmo que a gestão dos ativos aconteça no mesmo lugar, a lógica por trás de cada projeto permanece inalterada. 

Atualmente, a versão 2.0 da Balancer é apoiada por protocolos DeFi como Aave, Gnosis, Ocean Protocol, Gyroscope, Enzym Finance, PowerPool e Techemy Capital.

A atualização vem em um momento propício, já que as taxas do Ethereum em dólar alcançaram US$ 65 nesta terça, o valor mais alto da história.

Publicidade

De acordo com dados do site Gas Now, o preço médio do gas subiu nesta quarta (12) para 425 Gwei, mas ainda permanece abaixo da máxima histórica de junho de 2020. Naquele período marcado pelo boom do DeFi, o gas do ETH chegou a bater 709 Gwei, segundo o YCharts.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" invade redes sociais de brasileiros; veja como se proteger

“Jogo do Tigrinho” invade redes sociais de brasileiros; veja como se proteger

Nos últimos meses, o “jogo do tigrinho”, um caça-níquel online, ganhou notoriedade no Brasil devido à sua associação com golpes
Imagem da matéria: Venda contínua de Bitcoin por mineradores faz reservas caírem para nível mais baixo em 3 anos

Venda contínua de Bitcoin por mineradores faz reservas caírem para nível mais baixo em 3 anos

Dados mostram que as reservas atuais dos mineradores estão em torno de 1,82 milhão de bitcoins
Imagem da matéria: Como a tokenização vai revolucionar o agronegócio no Brasil | Opinião

Como a tokenização vai revolucionar o agronegócio no Brasil | Opinião

Em 2023 o PIB do agronegócio correspondeu a quase 24% do PIB do Brasil, conforme aponta pesquisa feita pela USP
Imagem da matéria: Arthur Inc lança uma nova operação  de mineração de Bitcoin nos Estados Unidos

Arthur Inc lança uma nova operação de mineração de Bitcoin nos Estados Unidos

Área de 6.800 m² possui capacidade energética 15MW, equivalente ao abastecimento energético de oito shoppings center de grande porte