Neymar com a camisa da seleção
Foto: Shutterstock

Demorou, a moda esvaziou, mas depois de quase um ano o jogador de futebol brasileiro Neymar Jr lançou a própria coleção de NFTs na segunda-feira (24) na plataforma OpenSea. O total de vendas da coleção chamada JungleVIBES até o momento soma três ethers — o equivalente a R$ 21 mil.

Na postagem, disposta como ‘parceria paga’, o jogador anuncia que os NFTs estão dentro de um metaverso chamado BestMode e sugere que a compra do NFT pode dar direito a um evento de encontro com o astro.

Publicidade

Em um vídeo promocional postado na conta da empresa responsável pela coleção, a NFTstar, Neymar diz que está animado com os NFTs: “Finalmente meu projeto pessoal da Web3 vai sair”.

O jogador também pede para que as pessoas conectem as carteiras no site da empresa para receberem os NFTs ‘Jungle Vibes’ de graça. “É um presente meu para os meus fãs”.

Até a manhã desta terça-feira (25), 41.436 carteiras já havia mintado  —  termo que significa criar novos tokens por meio de contratos inteligentes um NFT da coleção do jogador de graça, custeando apenas as taxas da rede.

Essa primeira coleção do jogador classificada com “Prologue” tem um fornecimento ilimitado, mas outras levas de NFTs serão lançadas no futuro em fases. “As outras peças do quebra-cabeça serão reveladas durante a evolução dos episódios”, descreve a página do NFTSTAR.

Publicidade

Entre as utilidades fornecidas aos detentores dos NFTs está se tornar elegível para criar NFTs de outras coleções do metaverso Beastmode e dos outros episódios da coleção do Neymar, além dos detentores poderem ganhar outros prêmios especiais.

Como essa primeira coleção do jogador recém-lançada tem uma oferta ilimitada, os valores negociados no mercado secundário ainda são pequenos.

O floor price da coleção é menor que 0.001 ETH (R$ 7), e apenas 2% dos 26,1 mil detentores listaram seus NFTs para venda no OpenSea. Até essa terça-feira, já foram 735 vendas da coleção do Neymar registradas na plataforma.

Neymar e NFTs

No final de outubro do ano passado, o jogador havia anunciado a parceria com a NFT Star, mas o projeto parece ter ficado parado. No meio tempo, o jogador teve um grande prejuízo com os NFTs Bored Apes pelos quais pagou milhões de reais e hoje estão na casa das centenas de milhares.

Publicidade

Seus colecionáveis digitais, diz a empresa, serão oferecidos em número limitado. Cada NFT colecionável tem um registro único no blockchain, e os usuários obterão a propriedade do NFT colecionável exclusivo por meio da compra na plataforma ou da negociação no mercado da NFTSTAR.

Um NFT (token não fungível) é um tipo de token criado em blockchain que comprova a propriedade e proveniência de itens digitais, como arquivos de imagem e vídeo, bem como ativos físicos.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube