Imagem da matéria: Mulher encontra R$ 1,6 milhão em Bitcoin escondido pelo marido durante divórcio
Shutterstock

Uma esposa conseguiu descobrir que o marido estava escondendo 12 Bitcoins – cerca de R$ 1,6 milhão – no processo de divórcio que era conduzido em Nova York. A história foi revelada em reportagem do portal da CNBC no sábado (20) e vem chamando a atenção para fora do círculo de pessoas que acompanham as notícias do mundo cripto. 

Segundo a reportagem, a esposa estava desconfiada pela quase ausência de ativos em posse de seu marido. Isso porque o homem recebia US$ 3 milhões por ano e o casal ficou junto por uma década.

Publicidade

A esposa então contratou uma especialista forense, que conseguiu rastrear uma wallet de BTC e mostrar que ela pertencia ao marido: eram 12 Bitcoins, que no momento da descoberta valiam US$ 500 mil – nesta segunda-feira (22), esse montante vale US$ 322 mil. 

A mulher, que pediu para ter sua identidade preservada, disse que sabia da existência de criptomoedas e Bitcoin, mas não muito mais que isso. A busca durou seis meses entre o ínicio e o encontro dos bitcoins.

“Nunca passou pela minha cabeça, porque não é como se estivéssemos discutindo ou fazendo investimentos juntos. Foi definitivamente um choque”, disse para a CNBC. 

A reportagem entrevistou diversos advogados e peritos. Entre eles o investigador forense Nick Himonodis, que disse que a análise de criptoativos, criptomoedas e blockchains “se tornou, de longe, o aspecto que mais cresce na nossa profissão”.  

Himonodis estima que, atualmente, 25% dos casos de divórcio nos quais ele atua envolvem criptomoedas de alguma forma. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa

Menos de 10% das transações com stablecoins são de usuários reais, diz Visa

Dados da Visa mostram que mais de 90% das transações com stablecoins foram feitas por robôs ou traders de grande escala
Imagem da matéria: SEC notifica Robinhood de que pretende processá-la por venda de criptomoedas

SEC notifica Robinhood de que pretende processá-la por venda de criptomoedas

“Acreditamos firmemente que os ativos listados em nossa plataforma não são valores mobiliários”, diz diretor da Robinhood
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

ETFs de Bitcoin estão de volta? Ganhos de R$ 1,9 bilhão marcam o melhor dia em mais de um mês

ETF da Grayscale teve mais entradas do que saídas pela primeira vez em semanas