Imagem da matéria: Ministério da Saúde quer usar blockchain para se defender de ataques cibernéticos
(Foto: Shutterstock)

O Ministério da Saúde quer utilizar a tecnologia blockchain para se proteger de ataques contra seus sistemas eletrônicos. A informação está na edição desta terça-feira (31) do Diário Oficial da União, que publicou a Portaria de Consolidação GM/MS nº 1, que institui o Comitê Gestor de Segurança da Informação (CGSI) e regulamenta o novo órgão no âmbito do Ministério da Saúde. 

Em seu artigo 254, a portaria afirma que o CGSI poderá instituir grupos de trabalho com diversos objetivos. A possibilidade de montar uma equipe para viabilizar o uso da tecnologia que surgiu com as criptomoedas é citada de forma explícita no segundo parágrafo, que trata dos objetivos do comitê de segurança:

Publicidade

“Propor novas tecnologias de proteção contra ataques maliciosos aos sistemas do Ministério da Saúde, por intermédio da implementação de WAF nas aplicações críticas, de blockchain, de antivirus, antimalware, antispam e computação confidencial.”

De forma mais ampla, conforme estipula a portaria, o CGSI será responsável por assessorar a alta administração na implementação das ações de segurança da informação, inclusive em campanhas de conscientização, análise de conformidade quanto à implementação de Política e Normativos e workshops de capacitação em segurança da informação. 

Outras atribuições do grupo são: 

  • Constituir grupos de trabalho para tratar de temas e propor soluções específicas sobre segurança da informação;
  • Participar da elaboração da Política de Segurança da Informação do Ministério da Saúde e das normas internas de segurança da informação;
  • Propor alterações à política que regulamentar sobre segurança da informação e às normas internas de segurança da informação;
  • Deliberar sobre normas internas de segurança da informação;
  • Propor alteração à estratégia de segurança da informação;
  • Garantir que a estratégia de segurança da informação seja implementada pelos agentes públicos do Ministério da Saúde, entre outras.

Quer desvendar os mistérios do Bitcoin? Adquira “O Livro de Satoshi”, um compilado de escritos e insights de Satoshi Nakamoto

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Segundo Eric Balchunas, da Bloomberg, as 30 instituições são responsáveis por apenas 0,2% de tudo que o ETF da BlackRock tem
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores
Imagem da matéria: Toncoin (TON) valoriza  40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Toncoin (TON) valoriza 40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Uma possível IPO do Telegram contribuiu para o recente aumento no preço do TON, fortalecendo sua posição entre os maiores tokens do mercado
Imagem da matéria: Coinext lança gestora e abre captação para seu primeiro fundo cripto 

Coinext lança gestora e abre captação para seu primeiro fundo cripto 

A Coinext Asset estreia no mercado com o Coinext Crypto Strategy FIM IE, fundo multimercado com investimento 100% em cripto no exterior