Imagem da matéria: Mineradores Estão Explorando os Ajustes de Dificuldade do Bitcoin Cash (e Porque Isso é um Problema)

O Bitcoin Cash (Bcash ou BCH) foi mais lucrativo do que o Bitcoin (BTC) em várias ocasiões na última semana ou duas. Isso está criando uma nova dinâmica no ecossistema do Bitcoin – uma que não é realmente benéfica para nenhuma moeda.

No artigo anterior sobre este tema, explicamos por que a mineração do Bcash normalmente não deve afetar muito o Bitcoin, além das taxas mais baixas incidentais e confirmações mais lentas. Nós também explicamos por que essa dinâmica poderia, entretanto, arruinar o Bcash.

Publicidade

Nós também observamos que o Bcash possui uma solução de emergência integrada para mitigar o risco, o que pode fazer com que sua blockchain se mova de novo. Mas esta solução supõe que alguns mineradores estão optando por agir contra seu próprio interesse a curto prazo em certos momentos em benefício de todos os mineradores – ou que os mineradores estão coordenando para seu benefício mútuo, em algum nível.

Agora, vários dias depois, parece que isso é o que está acontecendo. Alguns mineradores estão agindo contra seus interesses a curto prazo por períodos específicos de tempo – ou estão coordenando para desencadear a solução de emergência.

A boa notícia para o Bcash é que isso significa que a sua blockchain está ainda em movimento por enquanto, pelo menos na maioria dos dias. Mas, ao mesmo tempo, a dinâmica gerada pela solução de emergência está beneficiando seus mineradores em geral, mais do que qualquer outra pessoa – e até mesmo questiona a viabilidade a longo prazo do próprio Bitcoin Cash.

Leia Também: SegWit Ativada: O que mudará?

O Ajuste de Dificuldade de Emergência

Primeiro, uma breve recapitulação da mineração do Bitcoin e a solução de emergência incorporada do Bcash.

A rentabilidade da mineração é determinada pelo valor da recompensa do bloco (moedas recém-extraídas mais taxas de transação) e a “dificuldade” para minar um bloco. Se o valor das recompensas do bloco for maior e a dificuldade for menor, os mineradores ganharão mais dinheiro.

Publicidade

A dificuldade tanto no Bitcoin como no Bitcoin Cash são ajustadas automaticamente a cada 2016 blocos. Se demorar mais do que duas semanas para minerar esses 2016 blocos, a dificuldade se ajusta para baixo, de modo que torna-se mais fácil de minerar. Se demorar menos de duas semanas, a dificuldade se ajusta para cima, de modo que torna-se mais difícil.

Bcash realmente precisa de sua dificuldade ser suficientemente baixa para combinar o valor de suas recompensas de bloco em relação ao Bitcoin. Então, se a recompensa do bloco do Bcash vale 15 por cento da recompensa do bloco de Bitcoin, a dificuldade de Bcash também deve ser 15 por cento da dificuldade de Bitcoin, ou menor. Caso contrário, o Bitcoin será mais lucrativo para minerar, e os mineradores não terão realmente nenhum motivo para retornar ao Bcash.

O grande problema é que, desde que as recompensas do bloco do Bcash não excedam as recompensas dos blocos do Bitcoin, isso é inevitável acontecer mais cedo ou mais tarde. Em algum momento, a dificuldade do Bcash irá exceder o valor da recompensa do bloco, momento em que todos os mineradores devem sair.

Para mitigar esse problema, o Bcash implementou um recurso chamado “ajuste de dificuldade de emergência” (EDA). Se em um espaço de pelo menos doze horas, menos de seis blocos são minerados, a dificuldade ajusta-se para baixo em 20% para o próximo bloco. Se os mineiros se coordenam ou ajustam isso direitinho, eles podem reduzir a dificuldade em cerca de 75% dentro de um dia.

Publicidade

Leia Também: A Estrada até a SegWit: Como a maior atualização do protocolo Bitcoin se tornou realidade

Os Problemas

Uma vez que a dificuldade é baixa o suficiente, os mineradores que maximizam os lucros são incentivados a trocar para a mineração do Bcash, produzindo um enorme número de blocos antes que a dificuldade se ajuste dentro de um dia ou dois. Então, uma vez que a dificuldade se ajusta demais para cima, e todos esses mineradores voltam para o Bitcoin – até que alguns mineradores desencadeiem a EDA do Bcash novamente, potencialmente após 12 horas ou mais, e todos os mineiros voltem denovo ao Bcash, criando uma espécie de stop-and-go cycle, sempre de repetindo.

No artigo anterior, observamos que este ciclo de stop-and-go não é ideal para usuários. Mas não fomos em detalhes sobre quais problemas serão esses, exatamente. E há vários deles …

Em primeiro lugar, esse ciclo stop-and-go também causa um distúrbio para os usuários do Bitcoin. Cada vez que os mineradores vão para o Bcash, o poder de hash sai da rede Bitcoin, o que significa que os blocos do Bitcoin são extraídos mais devagar. Como resultado, as taxas de transação do Bitcoin e os tempos de confirmação aumentam. E o fato de que os mineradores estão intencionalmente participando deste jogo, sugere que a situação poderia arrastar por um bom tempo: potencialmente semanas ou meses, ou talvez até mais, dependendo de como o Bcash se desenvolver.

Enquanto isso, esse ciclo faz com que os tempos de confirmação do Bitcoin Cash não sejam confiáveis. Em alguns dias, as transações confirmam muito rapidamente, pois são encontrados blocos a cada minuto. Nos outros dias, há (quase) nenhum bloco novo durante pelo menos 12 horas, e as transações demoram demais para confirmar, em comparação.

Provavelmente, um problema ainda maior é que, devido a essa dinâmica, as recompensas de mineração do Bcash – moedas novas – entrem no sistema muito mais rapidamente: atualmente cerca de quatro vezes mais rápido do que deveria. Como resultado, a taxa de inflação do Bcash é relativamente alta. Enquanto a taxa de inflação anual atual do Bitcoin situa-se em cerca de 4%, a taxa de inflação anual da Bcash está em ritmo de 16% ao ano. Isso favorece os mineradores que ganham essas moedas – ao custo dos detentores das moedas.

Publicidade

Além disso, devido a essa mesma dinâmica, a próxima redução do bloco do Bcash (block halving) chegará muito mais rápido, possivelmente até meados de 2018 em vez de meados de 2020. E se nada mudar, poderia haver outra redução para metade até o início de 2019: a recompensa de bloco poderia cair para 3.125 BCH em pouco mais de um ano a partir de agora.

Essas dificuldades são os problemas reais do Bcash.

Como talvez seja sua proposta central de valor em comparação ao Bitcoin, o Bcash quer manter suas taxas de transação extremamente baixas; Mesmo tão baixo quanto zero. Portanto, não está claro que as taxas compensem a perda de recompensas; Parece especialmente improvável que essas perdas sejam mantidas dentro de um ano, ou até menos tempo. Assim, a menos que o preço de mercado do BCH, em comparação com o BTC, aumente muito e rápido, o valor de recompensa do bloco do Bcash pode diminuir de forma significativa.

Agora, lembre-se de que, para os mineradores minerarem o Bcash, a dificuldade deve ser ainda menor do que a recompensa por bloco, em comparação com o Bitcoin e que, se for esse o caso, espera-se que todos os mineradores que maximizem os lucros estejam juntos.

Isso significa que todos esses mineradores poderão minerar os 2016 blocos ainda mais rápido quando eles fizerem todas se juntarem no Bcash. Em vez de dois dias, poderia demorar até um dia. Ou menos. O que, naturalmente, significaria que a próxima redução do bloco (block halving) será alcançada ainda mais rápido. Isso, por sua vez, significa que as recompensas dos bloco seriam ainda menos valiosas e a dificuldade precisaria ser ainda menor para os mineradores trocarem de blockchain, e os mineradores poderiam minerar os 2016 blocos ainda mais rápido na próxima. Talvez em até meio dia.

A EDA do Bcash poderia levar a uma espiral descendente viciosa, o que diminuiria significativamente a segurança do Bcash contra ataques de 51%. Também tornaria mais fácil para os mineradores hostis ao Bcash frustrar o sistema de outras maneiras; Por exemplo, eles poderiam impedir que os ajustes de emergência aconteçam. Além disso, o Bcash poderia chegar ao ponto em que as recompensas do bloco não valem nem o tempo e nem o esforço para que os mineradores troquem entre as blockchain.

O Bitcoin Cash precisará corrigir esse problema de alguma forma, e agora os desenvolvedores estão realmente discutindo o problema. Ou isso, ou a moeda deve se tornar mais valiosa do que Bitcoin para mitigar o problema completamente.

*Texto escrito por Aaron van Wirdum.

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Bitcoin e Ethereum passam a cair e provocam liquidações de US$ 150 milhões

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum despencaram na manhã de sexta-feira (10), provocando uma onda de liquidação de longo prazo
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%
Donald Trump ex-presidente dos EUA

Donald Trump recebe compradores de seus NFTs em jantar de luxo

O ex-presidente resolveu aproveitar o dia de folga do Tribunal de Nova York para receber os apoiadores no resort de luxo Mar-a-Lago