Imagem da matéria: MicroStrategy conclui compra de mais US$ 650 milhões em bitcoin e soma US$ 1,125 bi
CEO da Microstrategy, Michael Saylor (Foto: Reprodução/Youtube)

A MicroStrategy, empresa americana de business intelligence, anunciou nesta segunda-feira (21) que concluiu a compra de mais 29.646 bitcoins, no valor de cerca de US$ 650 milhões.

A empresa agora detém um total de 70.470 bitcoins – adquiridos por um preço total de US$ 1,125 bilhão, pagando um preço médio de US$ 15.964 por Bitcoin.

Publicidade

O investimento total da MicroStrategy agora vale US$ 1,6 bilhão a preços atuais – um aumento de 42%.

A empresa anunciou em 11 de dezembro que havia levantado com sucesso US$ 650 milhões em títulos de dívida para investir mais no Bitcoin.

A MicroStrategy deve pagar aos investidores a uma taxa de 0,75% ao ano, começando em junho de 2021 e terminando em junho de 2025, a menos que a MicroStrategy recompra a dívida. Os investidores podem sacar as notas em ações ou dinheiro.

Uma nota conversível é um título de dívida que permite ao detentor converter o valor em dinheiro, ações da empresa ou uma combinação dos dois.

Esse pode ter sido um dos catalizadores que fez o bitcoin superar os US$ 24.000 nos últimos dias.

A MicroStrategy já havia feito dois investimentos em Bitcoin usando o caixa da empresa. Ela comprou 38.250 Bitcoins a um preço médio de US$ 11.111 entre agosto e setembro.

Publicidade

A empresainvestiu US$ 250 milhões na criptomoeda no início de agosto, abocanhando 21.454 BTC quando o preço estava na faixa de US$ 11.700. Ela canalizou outros US$ 175 milhões em Bitcoin em 14 de setembro, comprando 16.796 BTC quando o preço caiu para cerca de US$ 10.700. Na primeira semana de dezembro a empresa anunciou a compra de mais 2.754 Bitcoins por US$ 19.427 cada – no valor total de US$ 50 milhões.

VOCÊ PODE GOSTAR
Arte de robô observando por trás usuária de computador

Novo PC da Microsoft que grava tudo é “spyware” e será alvo de hackers, alertam especialistas

Os críticos dizem que novo PC centrado em IA da Microsoft é um pesadelo de privacidade
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares