CEO da Microstrategy Michael Saylor
CEO da Microstrategy, Michael Saylor (Foto: Reprodução/Youtube)

O CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, sugeriu em um post na terça-feira (14), no Twitter, que mesmo com o mercado de criptomoedas enfrentando uma crise profunda, os cofres da companhia continuarão a “holdar” seus fundos em Bitcoin, como parte da estratégia que começou em agosto de 2020.

“Quando a MicroStrategy adotou uma Estratégia Bitcoin, previu volatilidade das criptomoedas e estruturou seu balanço para que pudesse continuar com HODL em meio às adversidades”, tweetou o empresário.

Publicidade

Na sequência, já nesta quinta, Saylor relembrou um dos fundamentos do Bitcoin, que é não ser atrelado a nenhuma moeda fiduciária: “1 BTC = 1 BTC”.

Bitcoin usado como garantia de empréstimo

A Microstrategy é uma empresa de capital aberto que pegou empréstimo bancário usando bitcoins como garantia para comprar mais unidades da criptomoedas. Portanto, com o mercado em baixa, rumores de que a companhia poderia ter que vender os criptoativos começaram a rodar na internet nos últimos dias. 

Ainda assim, Saylor garante que a companhia tem gordura de sobra – que supostamente suficiente para aguentar um derretimento até maior do Bitcoin – como mostra outro comentário, feito na semana passada:

“A MicroStrategy tem um compromisso de empréstimo de US$ 205 milhões e precisa manter US$ 410 milhões como garantia. [A companhia] $MSTR tem 115.109 BTCs que podem ser penhorados. Mesmo se o preço do BTC cair abaixo de US$ 3.562, a empresa poderá oferecer outras garantias”.

Publicidade

“Empilhe satoshis e permaneça humilde”, aconselha em outro post, Saylor, que sempre tachou o Bitcoin de ativo escasso e um porto seguro digital.

A MicroStrategy foi uma das primeiras grandes empresas listadas em bolsa a tornar a compra de bitcoins em uma parte de sua estratégia corporativa, comprando US$ 425 milhões no fim de 2020 — depois disso, não parou mais de “empilhar” bitcoins, realizando várias compras, principalmente em ciclos de baixa do BTC.

Logo em seguida, a processadora de pagamentos e mineradora cripto Block (anteriormente conhecida como Square) e a fabricante de veículos elétricos Tesla fizeram o mesmo.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: LayerZero fará airdrop para 1,2 milhão de usuários; veja se você pode ganhar tokens de graça

LayerZero fará airdrop para 1,2 milhão de usuários; veja se você pode ganhar tokens de graça

Um bilhão de tokens serão emitidos pela LayerZero, com 23,8% indo diretamente para a comunidade e desenvolvedores
Imagem da matéria: Empresa cripto Bakkt está considerando uma potencial venda ou desmembramento, diz site

Empresa cripto Bakkt está considerando uma potencial venda ou desmembramento, diz site

A Bakkt recorreu à ajuda de um consultor financeiro para tomar a decisão, embora ainda não tenha definido o seu próximo passo
Fotos dos equipementos de mineração de criptomoedas operados com furto de eletricidade em Canela, RS

Polícia Civil do RS fecha fazenda de mineração de criptomoedas que lucrava R$ 400 mil por mês

Além de crime de furto de energia, casal preso responderá por porte ilegal de arma e lavagem de dinheiro
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump se apresenta como ‘criptopresidente’ em evento de arrecadação de fundos

O candidato presidencial republicano dobrou sua postura pró-cripto durante evento em São Francisco, EUA