Imagem da matéria: Metaverso é um engodo, mas dá pra ganhar dinheiro

Lançado em 2003, o jogo onde pessoas criavam avatares (personagens) para circular num mundo virtual, chegou a fazer certo sucesso. Na época, não era conhecido como Metaverso, porém o aplicativo conseguiu parcerias com a ABN Amro, Adidas, Disney, Toyota, Telecom Itália, e até mesmo a “embaixada” virtual das Maldivas.

Ou seja, nada do que você está vendo com a moda do Metaverso é novo. Estão reembalando um produto que deu errado 15 anos atrás, inserindo um discurso de descentralização.

Publicidade

Terrenos milionários e integração financeira

Outro jogo de realidade virtual, Entropia Universe, teve uma propriedade digital negociada por US$ 335 mil em 2010. A onda chegou no Brasil, e em meados de 2007 o jornal Estadão lançou um jornal dentro desse universo virtual. 

Ah! Como não poderia deixar de ser, existia até uma “bolsa de valores”, a World Stock Exchange, que intermediava trocas utilizando a moeda virtual do jogo, Linden. O que aconteceu? O óbvio: após inúmeros scams que levantaram dinheiro na plataforma e desapareceram, um funcionário roubou o que restou da exchange.

Dessa vez é diferente

Entre dezembro de 2006 e janeiro de 2007 a base de usuários do Second Life saiu de 1,3 para 2,3 milhões. Dez meses mais tarde, o jogo de realidade virtual já ultrapassava os 10 milhões. No entanto, uma pesquisa revelou mais tarde que somente 30% dos usuários efetivamente exploravam o mundo digital.

O mais curioso é que o próprio autor do livro que narra a história acreditava em 2013 que o Facebook iria estagnar, e tecnologias imersivas como Google Glass e Oculus Rift iriam emergir, oferecendo uma experiência “imersiva e imaginativa.”

Publicidade

Se é engodo, como ganhar dinheiro?

“Bolha é todo ativo que subiu e não temos exposição”. Se os fundos de risco (Venture Capital) estão injetando dinheiro e os investidores de criptoativos estão com expectativa de alta para o setor, por que ficar fora?

O ideal (sempre) é entrar de pré-investidor em algum projeto, ao invés de comprar na oferta de lançamento do criptoativo. No entanto, se você deseja arriscar, aproveite a onda, escolhendo os projetos que levantaram grana com os fundos de risco.

Esse meme acima é perfeito para descrever quem ganha dinheiro em cripto: os idiotas e os ultra-inteligentes, pois o resto do povo não vai entrar, ou vai chegar muito próximo do topo do mercado.

Isso acima é uma recomendação de investimento em ativos não-mobiliários, portanto o regulador não tem voz aqui. 

Aproveito para concluir com algumas dicas:

  • Não espere o token lançar na Coinbase ou Binance para entrar;
  • Não compre NFT de projetos que ainda nem lançaram;
  • Não use sua carteira de longo-prazo de Bitcoin para essa porcaria.

Sobre o autor

Marcel Pechman atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Em 2017, se tornou trader e analista de criptomoedas. Maximalista convicto, assina também o canal no Youtube RadarBTC.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Troca de farpas entre Elon Musk e ministro do STF levanta possibilidade de suspensão do X/Twitter no país
Imagem da matéria: Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Golpistas estão se aproveitando da pré-vendas de tokens na rede Solana para enganarem usuários em plataformas como Telegram
logo da solana em celular

São Paulo recebe Solana Build Station no Ibrawork

O ponto alto da última edição das Build Stations no Brasil será o prêmio concedido especialmente durante o Pitch Day, no dia 6 de abril
Agentes da Polícia Federal emoperação contra russos radicados noBrasil

PF faz operação contra mexicano que se associou a pirâmide com criptomoedas no Brasil

Acusado também afirmava ser representante de uma marca italiana de carros, convencendo pessoas a investir em uma criptomoeda que ele mesmo criou