Policial algemando suspeito durante a noite
Shutterstock

A Polícia Militar de São Paulo prendeu na região da Brasilândia três suspeitos de roubarem US$ 100 mil (cerca de R$ 500 mil) em criptomoedas de um médico de Campinas que marcou o encontro por um aplicativo de relacionamento que culminou no famoso “golpe do amor”.

De acordo com um vídeo publicado pelo R7 nesta manhã de sexta-feira (7), que mostra parte da ocorrência registrada pela equipe do programa Balanço Geral, após ser detido pelos sequestradores, o médico conseguiu fugir e acionar a PM.

Publicidade

Os policiais então prenderam os suspeitos com a ajuda do aplicativo de localização ativo no celular da vítima. Durante a prisão e revista nos dois veículos usados no crime, foram encontrados vários entorpecentes.

”Foram subtraídos da vítima uma quantia em criptomoedas”, disse um dos policiais que participou da ação. “Essa vítima já vinha conversando com uma pessoa no aplicativo de relacionamento e acabou marcando o encontro e nesse encontro aconteceu o fato”, acrescentou.

As imagens mostram o momento em que os suspeitos estão sendo levados para o interior de uma delegacia, quando um deles ao ser questionado por um repórter nega que tenha participado das transferências em criptomoedas. “Não tenho nada a ver com isso não senhor”, disse. Em seguida, outro suspeito que também se defendeu: “Não fiz nada”.

Já na delegacia, o médico reconheceu os três sequestradores. Uma investigação foi aberta para identificar outros membros da quadrilha e rastrear a transferência dos valores roubados em criptomoedas.

Publicidade

Golpe do amor e roubo de criptomoedas

O “golpe do amor”, uma modalidade de crime que cresceu consideravelmente nos últimos anos, consiste em duas partes marcarem encontro por meio de aplicativos sendo um dos lados os bandidos, que através de perfis falsos envolvem emocionalmente a vítima até dar o golpe final.

Nesses casos, é comum que na hora marcada a vítima acabe sendo sequestrada e forçada a fazer transferências bancárias. Neste caso do médico de Campinas, os bandidos podem ter visto sua conta de criptomoedas mantidas no celular no momento da abordagem ou já sabiam que ele operava nesse mercado.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin Lightning e soluções de segunda camada podem ser “abusadas ​​por criminosos”, diz UE

Bitcoin Lightning e soluções de segunda camada podem ser “abusadas ​​por criminosos”, diz UE

Um relatório do Centro de Inovação da UE diz que as soluções de Bitcoin e de segunda camada podem causar “problemas para as investigações policiais”
Pilha com varias moedas de Ethereum

MB lança campanha comemorativa de 11 anos com ‘cakeback’ e oferece chance de ganhar dois ETH

Os incentivos serão válidos para clientes antigos e novos entrantes da plataforma; campanha seguirá ativa por todo o mês de junho de 2024
Imagem da matéria: É hora de apostar em Bitcoin e shitcoins, diz Arthur Hayes

É hora de apostar em Bitcoin e shitcoins, diz Arthur Hayes

O Bitcoin crescerá à medida que os bancos centrais se concentrarem em taxas de juros mais baixas em massa – com o Banco da Inglaterra em breve, prevê Hayes
Imagem da matéria: IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

CEO da ERCOT, que controla a rede elétrica do Texas, disse que nos próximos seis anos a capacidade do estado vai precisar praticamente dobrar