Imagem da matéria: MB lista KNN, token de empresa brasileira que une cannabis e criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

O MB (Mercado Bitcoin), maior plataforma de ativos digitais da América Latina, anunciou nesta quarta-feira (13) a listagem em sua plataforma do token Kanna Coin (KNN), ativo que une os mercados das criptomoedas e da cannabis.

A Kanna é uma plataforma voltada para a agricultura regenerativa, atuando como uma organização autônoma descentralizada (DAO) especialmente no mercado de cannabis, com diversos produtores ligados em seu ecossistema.

Publicidade

A Kanna é pioneira na união da tecnologia blockchain com o mercado do cânhamo, planta da família da cannabis que contém no máximo 0,3% de tetrahidrocanabinol (THC), princípio ativo que causa efeitos psicoativos, comparado aos até 30% de THC encontrados na maconha. O cânhamo, que é considerado por especialistas como a planta do futuro, portanto, é usado em estudos científicos e medicinais, não tendo relação com a maconha.

Com isso, o token KNN serve para que seus detentores validem os produtores em práticas ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança), além de poderem participar da comunidade Kanna, que inclui acesso a diversas informações sobre os projetos e um grupo no Discord para debater o mercado.

“O token KNN é como se fosse o voucher de acesso ao ecossistema, onde a pessoa que quer apoiar o cultivo sustentável, que quer participar do processo de validação, ou quer discutir mais assuntos relacionados à agricultura regenerativa e cannabis como um todo, pode utilizar para participar”, explicou Luis Quintanilha, CEO e cofundador da Kanna, ao Portal do Bitcoin.

Já do lado do produtor, o executivo explica que o token ajuda a atestar o nível de compliance deles no nível social, de governança e ambiental, em que eles serão avaliados em diversos critérios, incluindo emissões de carbono, projetos sociais, entre outros.

Publicidade

“Queremos quebrar a imagem do setor. Queremos tirar do idealismo e trazer para a ciência. Então, o holder se beneficia do acesso ao ecossistema, o produtor se beneficia de atestar o compliance do nível de ESG da operação dele”, disse Quintanilha.

Já do lado do MB, o lançamento ajuda a reforçar o apoio que a plataforma dá para novos projetos, principalmente os brasileiros. “O token KNN é uma forma de apoiarmos essa causa e incentivarmos as pessoas a participar de um modelo de produção mais limpo”, afirma Fabricio Tota, diretor de Novos Negócios do MB.

Segundo ele, ao selecionar um novo projeto para entrar na plataforma, dois critérios principais são observados: a atratividade e se já existe uma comunidade desenvolvida. E a Kanna Coin possui as duas características, de acordo com Tota.

“Eu quero amplificar mensagens boas, temos uma responsabilidade importante nesse processo”, diz o executivo do MB. “Já tivemos diversas iniciativas bem-sucedidas e acreditamos muito que tem uma janela de oportunidade interessante para contar coisas novas […], mas levada muito a sério e com uma abordagem correta para que a gente tenha tranquilidade e segurança de expor para os nossos 3,8 milhões de clientes essa mensagem”, conclui.

Publicidade
Luis Quintanilha, CEO e cofundador da Kanna

O projeto da Kanna teve início em janeiro de 2022, ainda sem exposição para o público, que veio conhecer melhor a iniciativa em setembro de 2023. De lá pra cá, alcançou marcos importantes, incluindo a pré-venda de tokens em janeiro de 2023 e a integração na rede Polygon em maio. A plataforma da Kanna ainda inclui emblemas NFT, proporcionando uma experiência enriquecedora aos detentores de tokens.

“A Kanna espera que o lançamento do token KNN na plataforma do MB permita com que mais pessoas tenham acesso ao token e possam contribuir para o combate às mudanças climáticas”, diz Quintanilha.

“A nossa expectativa maior [com o lançamento], acima de tudo, é realmente de conseguir passar a mensagem sobre o mercado de cannabis. Não existe muito uma expectativa financeira, a nossa expectativa é de que a gente tenha a formação do mercado, entenda o preço do ativo, o comportamento, entenda como que ele reage às decisões, aos caminhos que a Kanna tome, a evolução que ela faz”, explica.

Os investidores do token KNN podem utilizá-lo para obter descontos na rede parceira da Kanna, ter acesso a premiações e colecionáveis exclusivos, além de ter acesso a grupos fechados no Discord e participação em lives e eventos da empresa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Novo ETF lançado nos EUA permite apostar contra as ações da Coinbase

Novo ETF lançado nos EUA permite apostar contra as ações da Coinbase

O novo fundo sobe quando a Coinbase cai e também gera renda passiva para os investidores
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin salta 25% na semana e é a criptomoeda com melhor desempenho no top 100

Apesar dos ganhos recentes de 25%, a volatilidade ainda dita o tom do Notcoin (NOT)
Imagem da matéria: Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Produtos seriam lançados para mercado dos Estados Unidos e Europa em 2025 por meio das licenças da Bitstamp, comprada em junho
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Manhã Cripto: Bitcoin salta 4,4% após atentado fracassado reforçar candidatura de Trump

Investidores de criptomoedas antecipam condições regulatórias mais favoráveis se Trump vencer a eleição