Mark Cuban em entrevista sobre investimentos
(Imagem: Reprodução)

O empresário bilionário de tecnologia Mark Cuban ainda está otimista com o Bitcoin, dizendo que quer que o preço continue caindo.

“Eu quero que o Bitcoin desça muito mais para que eu possa comprar um pouco mais”, disse Cuban em uma aparição no podcast “Club Random” do comediante Bill Maher.

Publicidade

O proprietário do Dallas Mavericks da NBA disse que investir em ouro não valia a pena, acrescentando que prefere muito os ativos digitais. Cuban, que tem uma fortuna no valor de US$ 6,25 bilhões, já elogia as criptomoedas há muito tempo — particularmente Bitcoin, Ethereum e Dogecoin.

“O ouro é uma reserva de valor, assim como o Bitcoin”, disse ele, depois que Maher sugeriu a comparação. “Se você e tudo isso fosse para o inferno em uma cesta de mão e você tivesse essa barra de ouro, você sabe o que aconteceria? Alguém te bateria ou te mataria e levaria a tua barra de ouro. É inútil.” 

O investidor acrescentou que possuir ouro hoje é apenas possuir uma transação digital, de qualquer forma, então ele preferiu investir em Bitcoin.

O Bitcoin agora está sendo negociado por US$ 16.821, de acordo com a CoinGecko — mais de 75% abaixo de sua máxima histórica de US$ 69.044,00 que atingiu no ano passado. O ouro — e a prata — tiveram um desempenho muito melhor em termos de investimentos em 2022.

Publicidade

Apesar do mercado de criptoativos e das ações dos EUA terem sofrido uma surra nos últimos tempos, o mercado de metais manteve mais ou menos seu valor. O ouro está agora sendo negociado por US$ 1.800 a onça; e era negociado a US$ 1.807 no mesmo momento do ano passado. 

Maher argumentou que não valia a pena comprar Bitcoin porque não é lastreado por nada. Mas Cuban reagiu, dizendo que deter ações em “90% das empresas da Bolsa de NY” também era inútil e arriscado. 

Na abrangente conversa de duas horas, os dois concordaram em pelo menos uma coisa: que São Francisco não é mais um ótimo lugar para começar uma empresa de tecnologia — com Cuban descrevendo a cidade californiana como “pretensiosa demais.”

Para Cuban, “toda aquela indústria está sendo forçada a mudar”.

“A indústria inteira de tecnologia saiu daquela maresia boa, de crescimento constante, de inovação e da grande novidade que ela representava, para agora, ser um lugar onde as pessoas defecam nas ruas.”

Publicidade

Cuban já foi um dos que criticam as criptomoedas, mas agora sua equipe da NBA as aceita para ingressos e produtos licenciados. Em 2021, o Mavericks se tornou o primeiro time de basquete a aceitar Dogecoin. 

Desde então, Cuban tem dito — junto com o bilionário Elon Musk—que a Dogecoin, uma criptomoeda originalmente criada como uma piada, poderia ser útil para fazer pagamentos. 

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

  • Como será o mercado de criptomoedas em 2023? Clique aqui e descubra no relatório gratuito do time de Research do MB
VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com gráficos de ações e criptomoedas em queda no fundo

Preço de tokens BRC-20 da rede Bitcoin despencam antes do halving — Runes é o culpado?

Em semana crucial para a principal rede de criptomoedas, a ORDI caiu mais de 40%
Imagem da matéria: Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

As memecoins da Solana caíram da noite para o dia, enquanto os devs correm para consertar os problemas de congestionamento da rede
moeda de bitcoin à frente da bandeira de hong kong

Aprovação de ETFs de Bitcoin e Ethereum pode ocorrer segunda em Hong Kong

O esperado aceno regulatório abriria um dos maiores mercados financeiros do mundo para os ETFs de Bitcoin e Ethereum
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Após forte queda no fim de semana, Bitcoin e Ethereum voltam a ganhar força com notícias de que Hong Kong aprovou ETFs das criptomoedas