Imagem da matéria: LedgerX Negocia US$ 1 Milhão em Derivativos de Bitcoin na Primeira Semana

As primeiras negociações de derivativos de criptomoedas regulados ocorreram em uma exchange dos EUA.

Em uma declaração à imprensa de hoje, a plataforma de negociação LedgerX confirmou rumores de que já começou a negociar derivativos de criptomoedas, depois recebeu aprovação para começar a vender para investidores institucionais em julho.

Publicidade

De acordo com dados fornecidos pela empresa, a LedgerX viu 176 contratos de swaps e opções negociados na sua primeira semana, com valores de mais de US $ 1 milhão.

O CEO da LedgerX, Paul Chou, disse em um comunicado:

Esta semana, um novo padrão foi definido para transparência, supervisão e garantia da contraparte. Os investidores e traders institucionais agora podem contar com um processo garantido de compensação e liquidação ao negociar contratos de bitcoin.

Notavelmente, enquanto as negociações iniciais da LedgerX parecem estar exclusivamente em bitcoin, os detalhes da licença dão à empresa a possibilidade de adicionar outros ativos que se qualificam como criptomoeda.

A empresa, com sede em Nova York, é licenciada como uma empresa de execução de swap (SEF) e uma organização de compensação de derivativos (DCO).

Atualmente, a LedgerX está explorando empresas de opções, gestores de ativos, hedge funds, mineradores de bitcoin, escritórios familiares e bancos de investimento, como forma de aumentar sua quantidade de clientes.

Chou concluiu:

Nossa plataforma regulada, de nível institucional, permite aos participantes que estavam à margem, entrar no mercado de criptomoedas.

Leia Também: Bitcoin Chega a US$ 100 Bilhões em Valor de Mercado

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Imagem da matéria: Caso Sbaraini: advogado tenta acordo, mas vítimas podem demorar 5 anos para recuperar investimentos

Caso Sbaraini: advogado tenta acordo, mas vítimas podem demorar 5 anos para recuperar investimentos

A Sbaraini, que operava criptomoedas, parou de pagar seus clientes após uma operação da Polícia Federal apontar para um esquema de lavagem de dinheiro dentro da empresa
Imagem da matéria: Criptomoeda desaba 99% após hacker invadir projeto e chamá-lo de "copia e cola"

Criptomoeda desaba 99% após hacker invadir projeto e chamá-lo de “copia e cola”

Após derrubar o preço da memecoin NORMIE, hacker ofereceu devolver fundos se os criadores do projeto fizerem melhorias no código
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase