Kim Kardashian
Shutterstock

Um juiz federal da Califórnia rejeitou nesta quinta-feira (8) uma ação judicial coletiva contra várias celebridades, incluindo a estrela de reality shows Kim Kardashian e o ex-boxeador Floyd Mayweather, por promover a falida criptomoeda EthereumMax (EMAX). A ação havia sido ajuizada em janeiro.

O juiz afirmou que não estava claro que os queixosos tinham visto as promoções específicas compartilhadas pelas celebridades. O juiz Michael Fitzgerald também disse que os investidores devem “pensar razoavelmente antes de basear suas apostas no calor do momento”.

Publicidade

Apesar da rejeição, o juiz Fitzgerald disse que os queixosos ainda podem recorrer, desde que alterem as reivindicações.

Os advogados dos demandantes argumentaram que as celebridades onspiraram com os cofundadores do projeto cripto, Steve Gentile e Giovanni Perone, para aumentar o preço dos tokens – que depois caíram violentamente, dando suspeita de que o projeto fosse um golpe do tipo pump and dump.

“Os réus elogiaram as perspectivas da empresa e a capacidade dos investidores de obter retornos significativos devido à ‘tokenomics’ favorável dos tokens EMAX”, argumentaram os demandantes. “Na verdade, os réus comercializaram os tokens EMAX para investidores para que eles pudessem vender sua parte do float com lucro”, acusaram.

Kardashian postou várias promoções do EthereumMax para seu público de 318 milhões de pessoas no Instagram ao longo dos últimos dois anos.

As aventuras cripto de Kim Kardashian

Embora tenha sido inocentada nesse processo, Kardashian teve que pagar em outubro uma multa de US$ 1,26 milhão à CVM dos EUA, a SEC, por suas promoções do EthereumMax.

Publicidade

A SEC acusou a estrela de reality show de não divulgar que havia recebido US$ 250 mil para promover o projeto em seu Instagram.

“Este caso é um lembrete de que, quando celebridades ou influenciadores endossam oportunidades de investimento, incluindo títulos de criptoativos, isso não significa que esses produtos de investimento sejam adequados para todos os investidores”, disse o presidente da SEC, Gary Gensler, em comunicado na época.

“Encorajamos os investidores a considerar os riscos e oportunidades potenciais de um investimento à luz de seus próprios objetivos financeiros.”

*Traduzido com autorização do Decrypt

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

Talvez você queira ler
antonio neto e fabricia campos braiscompany 4

Ex-funcionário da Braiscompany será extraditado da Argentina para o Brasil

Ministério Público da Argentina afirma que o suspeito ajudou a desviar pelo menos R$ 4 milhões no esquema da Braiscompany
Imagem da matéria: Patex estreia oficialmente no Brasil com corretora, wallet e explorador de blockchain

Patex estreia oficialmente no Brasil com corretora, wallet e explorador de blockchain

Clientes brasileiros terão acesso ao conjunto de produtos: Patex Network, Patex Explorer, Patex Wallet e Patex Exchange
Ricardo e Camila, criadores do projeto Bitcoin é Aqui posam para foto

Conheça a pequena cidade brasileira que se tornou local com maior taxa de adoção do Bitcoin no mundo

Município do Rio Grande do Sul adota o Bitcoin como meio de pagamento para cortes de cabelo e cafés e chegando até em terrenos
homem segura moedas de Bitcoin, Ethereum e Dogecoin

Ethereum, Dogecoin e Bitcoin Cash se beneficiam de mega alta do Bitcoin

Bitcoin não é a única criptomoeda em alta hoje — mercado em alta puxa várias moedas para cima