Imagem da matéria: Justiça inocenta fabricante de chips acusada de omitir receita com mineradoras de criptomoedas
Foto: Shutterstock

Há cerca de dois anos, investidores processaram a fabricantes de chips Nvidia por supostamente omitir US$ 1 bilhão em receita com a venda de unidades de processamento gráfico (GPU) para mineradores de criptomoedas.

Na quarta-feira (2), um tribunal distrital federal na Califórnia (EUA) colocou um ponto final na disputa judicial e deu razão para a multinacional, que está no mercado desde 1993.

Publicidade

De acordo com o juiz distrital Haywood Gilliam, os investidores não conseguiram provar as acusações, mesmo depois de terem tido a oportunidade de inserir novas provas ao longo do caso.

Nos autos, eles afirmaram que a suposta omissão teria ocorrido entre maio de 2017 e novembro de 2018.

“As alegações não sugerem de forma plausível que os réus tenham agido pelo menos com imprudência deliberada ou consciente”, disse o magistrado na decisão.

O juiz ainda permitiu que algumas testemunhas levadas pelos investidores fossem ouvidas. No entanto, nenhuma conseguiu provar que houve algum tipo de omissão. Uma delas até falou que as declarações dadas pelo grupo eram “imprecisas”.

Nvidia e mineração

A Nvidia lançou seu primeiro GPU específico para mineração de criptomoedas no início de 2017. Em setembro daquele ano, as ações da empresa valorização 180%, puxadas pela alta demanda por produtos.

Publicidade

Além da disparada de preço dos ativos, o faturamento da empresa também aumentou desde a entrada no setor de ativos digitais. No início de 2018, por exemplo, a empresa disse que, por causa da mineração, a receita do último trimestre de 2017 foi de US$ 2,91 bilhões, 34% maior que o montante registrado no mesmo período do ano anterior.

Já no início de 2020, a Nvidia afirmou que os mineradores de Ethereum contribuíram de 2% a 6% em sua receita do quarto trimestre de 2020, que foi de US$ 5 bilhões.

VOCÊ PODE GOSTAR
Hans Zimmer durante premiere de Duna

Justin Sun paga compositor de Duna para criar hino do Tron

O controverso Justin Sun agora tem seu próprio hino de Hollywood
Imagem da matéria: Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

No Parque Hyatt, no centro de Paris, o presidente da Crypto.com, Eric Anziani, falou com o Decrypt sobre regulamentação e a expansão de sua exchange
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin reduz perdas após atingir US$ 59 mil; Kraken lança carteira e Binance pode retornar à Índia

Manhã Cripto: Bitcoin reduz perdas após atingir US$ 59 mil; Kraken lança carteira e Binance pode retornar à Índia

Mercado de criptomoedas segue em baixa antes do halving do Bitcoin, com o Ethereum lutando para manter os US$ 3 mil