Imagem da matéria: Jovem brasileiro de escola pública vence competição de Ethereum na Colômbia
Vctor Garcia (centro) e sua equipe no ETHBogotá (Foto: Divulgação)

Victor Garcia, um jovem de 15 anos morador da zona leste de São Paulo, foi um dos destaques do hackathon do ETHBogotá, evento que reuniu a comunidade do Ethereum na Colômbia semana passada.

Garcia e outros quatro brasileiros que faziam parte da mesma equipe, Thiago Rocha, Narayane Ribeiro, Matheus Lopes e Carol Santos, foram premiados no hackathon que reuniu mais de 900 hackers em uma maratona de 36 horas seguidas de programação no domingo (9), último dia do evento.

Publicidade

Os brasileiros desenvolveram uma plataforma de incentivo à leitura onde o leitor é recompensado em tokens por cada livro ou página lida, um modelo estilo read-to-earn (leia para ganhar).

O trabalho desenvolvido fez a equipe ser uma das cinco premiadas pela Chainlink no evento, ganhando um prêmio de U$ 1 mil (R$ 5,2 mil).

A trajetória de um jovem desenvolvedor

Victor Garcia é um jovem programador autodidata, que estudou em escola pública a vida inteira. Ele conseguiu ir para a Colômbia participar do ETHBogotá graças a uma “vaquinha” organizada um amigo da ONG Educar+, que em menos de 24 horas arrecadou fundos suficientes para custear a viagem e estadia de Victor no país.

Garcia se aproximou dos trabalhos da ONG durante o primeiro hackathon que participou no evento Ethereum São Paulo. Lá ele conheceu a Carol Santos, fundadora da ONG Educar+ que leva educação e web 3.0 para a comunidade do Complexo do Chapadão, no Rio de Janeiro. Ela também participou do hackathon no ETHBogotá.

Publicidade

“Nós não teríamos conseguido vencer uma maratona de hackers internacional sem a ajuda da comunidade. Não adiantaria termos conseguido os ingressos para o Hackathon em Bogotá se ele não tivesse como se manter ou chegar até lá”, explica Santos.

Com ajuda da ponte feita pelo Educar+, Victor recebeu duas propostas de emprego após sua participação no hackathon do ETH SP, bem como o apoio da comunidade brasileira para viajar para a Colômbia. Na visão de Carol, isso demonstra o potencial de um futuro promissor para o jovem programador:

“Quando conheci a história do Victor, vi um menino de extremo potencial que estava sendo desperdiçado por falta de oportunidades. No primeiro momento acionei todos da minha rede, principalmente da web3, e compartilhei sua história. Foi suficiente.”

Maior Exchange da América Latina, no MB você negocia tokens, DeFi, renda fixa digital, NFTs e, claro, criptomoedas. E tudo no painel de negociação mais seguro do mercado. Abra sua conta gratuita!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Embora esteja em queda nesta sexta, o Ethereum ainda registra ganhos de mais de 21% na semana
Moeda de Bitcoi sob mapa da América comd estaque para Venezuela

Venezuela quer desativar todas as fazendas de mineração de criptomoedas do país

O governador do estado de Carabobo afirmou que o governo está prestes a publicar um decreto que irá proibir a mineração de criptomoedas
Imagem da matéria: Vitalik Buterin critica prisão de dev do Tornado Cash: "Realmente lamentável"

Vitalik Buterin critica prisão de dev do Tornado Cash: “Realmente lamentável”

O fundador do Ethereum nem se importou em comentar sobre os ETFs, mas refletiu sobre a recente condenação de um desenvolvedor do Tornado Cash