Imagem da matéria: Investimento Bitcoin: Guia completo para começar  a investir

Tem curiosidade de experimentar o mercado de criptomoedas, mas não sabe por onde começar? 

Dá uma olhadinha nesse guia que preparamos para você.

Publicidade

Conheça o mercado

Mesmo entendendo como funcionam as aplicações mais tradicionais, uma etapa muito importante para fazer sempre os melhores negócios é conhecer o mercado de criptoativos.

É sempre válido investir (olha só o trocadilho) um pouco do seu tempo para se aprofundar no tema. Nessa hora, vale tudo: busque informações e dicas de diversos especialistas e fontes, dessa forma fica mais fácil conhecer as principais opiniões e tirar suas próprias conclusões. 

Lembre-se que esse cuidado pode evitar futuras perdas financeiras. Isso vale também para pessoas que já fazem outros tipos de investimentos, pois, cada mercado tem a sua particularidade. 

Equilibre seus investimentos

Esse mercado é muito conhecido por ter alta valorização e, por isso, é sempre muito tentador investir em bitcoin, mas atenção: tenha muito cuidado para não perder dinheiro. 

Lembre-se que as criptomoedas são voláteis. É perfeitamente possível que uma moeda valorize 30% em apenas um dia, mas perca 70% do seu preço no dia seguinte por conta de alguma situação apresentada pelo mercado. 

Uma dica é iniciar seus investimentos com um aporte pequeno, assim fica mais fácil se adaptar à realidade e ao dinamismo que esse mercado apresenta. 

Publicidade

Vale ressaltar que, diferente de outras ações, onde as bolsas têm horário pré-determinado de abertura e fechado, no universo das criptomoedas, isso não acontece. Suas operações funcionam todos os dias do ano de forma ininterrupta. 

Comprar em baixa e vender na alta

Quem nunca ouviu essa regra: “compre na baixa e venda na alta”? Essa dica é ótima e faz todo o sentido, mas… o desafio é saber quando é alta e quando é baixa. Ainda mais em um mercado tão volátil quanto o cripto.

Bom, enquanto ninguém inventa uma bola de cristal que facilite a nossa vida com essa resposta, existe uma dica que pode amenizar um pouco o efeito desse risco. Alguns especialistas sugerem comprar pequenos valores (famosos aportes) todos os meses, assim, na média, os valores mais elevados são compensados pelas vezes em que você pagou valores mais baixos. 

Lembre-se que existem diversas estratégias diferentes, o importante é buscar a que combina mais com o seu perfil de investidor.

Publicidade

Aliás, por falar em estratégia, o próximo tópico puxa um assunto bem recorrente nesse universo. Confira.

Não precisa ser trader para começar a investir em bitcoin

Essa é uma questão muito importante que deve ser mencionada neste artigo. Muitas pessoas pensam que para investir em ações precisa ser um trader, mas para negociar seus ativos digitais não é preciso nenhum conhecimento aprofundado ou específico.

Como funciona o investimento de Bitcoin?

Agora que já entendemos um pouco como mergulhar nesse mercado, chegou a hora de entender como começar a investir em BTC e como funciona esse mercado descentralizado na prática. Confira!

Escolha um intermediador para as transações

Para iniciar seus investimentos, a primeira coisa é encontrar uma empresa que possa fazer essa intermediação. Lembre-se: é essencial procurar por parceiros confiáveis, que trabalhem com segurança e transparência.

Hoje em dia, há algumas contas digitais que facilitam a compra e venda de multiativos, incluindo o Bitcoin. No Mercado Bitcoin você negocia seus ativos a qualquer momento e direto do seu computador ou smartphone.

Além disso, se você já estudou o mercado e se sente mais confiante em dar o próximo passo, como se tornar um trader, existem corretoras como o Mercado Bitcoin, para elevar seu nível de investimentos.

Publicidade

Faça um depósito

Independentemente do parceiro que escolher, depois da abertura da conta, você precisará fazer o depósito em reais na conta da corretora ou da conta digital escolhida. 

A partir do momento que o depósito for feito, a empresa vai confirmar o depósito e creditar o saldo na sua conta.

O próximo passo é realizar a compra dos bitcoins, observando o valor do “câmbio” entre BTC e R$. 

Comprar Bitcoin

Agora que tem saldo creditado na sua conta para fazer investimento em criptomoeda, no aplicativo/site/plataforma do parceiro terá um campo onde você poderá comprar a moeda. Neste local, basta apenas digitar o valor em reais para efetivar a transação. 

Depois disso, é possível acompanhar todos os investimentos em tempo real, a fim de encontrar as melhores oportunidades de negócios. 

Qual o valor mínimo para investir em Bitcoin?

Um único bitcoin já chegou a valer mais de R$ 300.000, mas fique tranquilo. Você não precisa comprar 1 bitcoin inteiro, como comentamos, é possível começar com bem menos. Na verdade, essa moeda virtual pode ser dividida em até oito casas decimais (0.00000001) e nós chamamos essa fração de Satoshi. Se formos comparar, os Satoshis seriam como os centavos dentro do Real, uma nomenclatura que faz uma homenagem ao seu criador, Satoshi Nakamoto.

Cada empresa pode definir um valor mínimo para realizar a transação e esse valor pode partir de R$ 1. Viu só como dá para começar com bem pouco?

QUER COMPRAR BITCOIN? CLIQUE AQUI PARA ABRIR SUA CONTA GRATUITA NO MERCADO BITCOIN

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Baleias cripto perdem mais de $8 milhões vendendo o fundo, enquanto holders seguram o token KANG após anúncio de listagem

Baleias cripto perdem mais de $8 milhões vendendo o fundo, enquanto holders seguram o token KANG após anúncio de listagem

Quando o mercado de altcoins está em uma fase vulnerável, não é…