Imagem da matéria: Investidores querem ser ressarcidos por US$ 3,6 bilhões em bitcoin roubados na África do Sul
Foto: Shutterstock

Raees e Ameer Cajee, os irmãos por trás da plataforma cripto Africrypt, não foram vistos desde que os dois alegadamente fugiram com US$ 3,6 bilhões em bitcoin (BTC) em junho de 2021.

Em meio às recentes quedas nos mercados, fazendo com que a quantia roubada seja de US$ 2,9 bilhões atualmente, vítimas exigem que ações penais sejam tomadas.

Publicidade

“Estamos pressionando que os irmão sejam acusados por fraude, roubo e, possivelmente, lavagem de dinheiro”, afirmou Sean Pierce do Coast to Coast Special Investigations (representante de algumas das vítimas) em entrevista à Bloomberg.

“Podem receber de dez a quinze anos [de prisão] por [se tratar de] uma primeira ofensa”, explicou.

Pierce esclareceu que uma decisão final para avançar com a acusação ainda não foi tomada.

Rashaad Moosa, advogado da Africrypt, disse que a acusação seria difícil de ser realizada porque investidores assinaram acordos de transferir reclamações a uma empresa de Dubai chamada Pennython Project Management LLC.

A empresa de Dubai ofereceu pagamentos aos investidores e Mossa afirmou que os investidores não têm mais direito de obter juro algum.

O roubo da Africrypt

Em junho do ano passado, cerca de 69 mil BTC em fundos de investidores sumiram da corretora, assim como os irmãos Cajee.

Publicidade

A Africrypt encerrou operações em abril de 2021 (quando o bitcoin estava chegando a uma alta de US$ 64 mil), citando uma “violação” em seus sistemas.

Investidores foram orientados a não informar o incidente às autoridades porque, alegadamente, isso dificultaria a recuperação dos fundos.

Logo em seguida, os dois irmãos teriam transferido os fundos, usando serviços de “mixing” de moedas para ofuscar a fonte dos fundos.

Ainda não se sabe a localização dos Cajee. No início da saga, especulações sugeriram que eles haviam fugido para o Reino Unido.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Imagem da matéria: Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

As baleias de Bitcoin compraram avidamente a última queda; investidores de longo prazo agora aguardam a próxima alta para realizar lucros
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)