bitcoin gráfico investidor
Foto: Shutterstock

Investidores institucionais estão começando a dar preferência por possuir bitcoin na forma “física” em vez de contratos futuros liquidados em dinheiro, diz um relatório da bolsa de derivativos de criptomoeda ZUBR.

Esses investidores também não se intimidam com a volatilidade da criptomoeda – e estão pensando em manter o ativo no longo prazo, acrescenta o relatório.

Publicidade

O relatório, “Institutional Investors Turn ‘Hodlers’ on Bitcoin Futures Markets”, publicado na semana passada, conclui que os investidores institucionais (aqueles que investem dinheiro em nome de terceiros, como fundos de hedge) dependem de bolsas regulamentadas para se envolver em derivativos de Bitcoin .

Derivativos são títulos negociáveis ​​ou contratos cujo valor deriva de um ativo subjacente. Eles têm sido frequentemente usados ​​por investidores institucionais, e a existência de derivativos de Bitcoin pode ajudar a atrair mais desses investidores para o mercado das criptomoedas.

No mundo dos derivativos de Bitcoin, “forma física” significa que o próprio Bitcoin será entregue ao investidor – em vez de uma liquidação em dinheiro fiduciário, como dólares e euros.

“Está claro que há um aumento na demanda de instituições como bancos e fundos de hedge para executar em bolsas regulamentadas”, disse o CEO da ZUBR, Ilgar Alekperov, no relatório. “Um mercado totalmente regulamentado mantém as instituições e investidores de varejo seguros, bem como promove locais para fornecer um serviço eficaz e consistente.”

Publicidade

Isso é confirmado pelas estatísticas. No ano passado, os volumes de negociação de futuros do Bitcoin chegaram a US$ 4 trilhões, de acordo com o relatório. O aumento no interesse no investimento em Bitcoin é visto principalmente na Chicago Mercantile Exchange (CME) e por meio da Bakkt, uma empresa de cripto-derivativos administrada pela Intercontinental Exchange (ICE) – ambos tiveram volumes de negociação maiores este ano.

O interesse em derivativos de Bitcoin liquidados fisicamente, especificamente, está se tornando mais importante, observa o relatório. Usando Bakkt como exemplo, ZUBR diz que no início de 2020, os futuros liquidados em dinheiro representavam mais de 50% do volume total negociado da Bakkt. Eem agosto, os futuros liquidados fisicamente na bolsa representavam 72%.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta