Homem toca tela vermelha com gráfico de baixa
Foto: Shutterstock

A Financial Conduct Authority (FCA), autarquia do Reino Unido que regula o setor financeiro, publicou nesta segunda-feira (11) um alerta aos consumidores sobre os riscos em investimentos que prometem altos retornos baseados criptoativos, como o bitcoin e outras criptomoedas.

Na publicação, a FCA diz que está ciente de que algumas empresas estão oferecendo investimentos em criptoativos, ou empréstimos ou investimentos vinculados a eles, e que prometem retornos elevados.

Publicidade

“Geralmente envolve assumir riscos muito elevados com o dinheiro dos investidores. Se os consumidores investirem nesses tipos de produtos, eles devem estar preparados para perder todo o seu dinheiro”, diz o comunicado. 

O órgão alertou que no caso do investidor assumir um investimento em criptoativos ele não terá o respaldo das entidades que controlam o mercado financeiro. Por isso, escreveu, os consumidores devem se certificar de que entendem em que estão investindo, os riscos associados ao investimento e todas as proteções regulatórias aplicáveis.

Por outro lado, o órgão também alertou as empresas que oferecem tais negócios, pois elas devem certificar-se de que estão em conformidade com as normas do FCA e demais autoridades financeiras. “Operar sem registro é crime”, destacou.

Alerta para investimento em bitcoin

Ao final, o FCA convidou os consumidores a consultarem suas cartilhas de proteção a investimentos e descreveu os principais cuidados para que o cidadão não caia em golpes. 

Publicidade

Conforme descreve o texto, os consumidores devem ser cautelosos se forem contatados do nada, pressionados a investir rapidamente ou retornos prometidos que parecem bons demais para ser verdade.

Essas ofertas, disse o FCA, vão envolver alto risco de perdas por conta da volatilidade sem precedentes no preço de criptoativos, como o bitcoin. Fora isso, advertiu que muitos negócios dificultam propositalmente a compreensão de como realmente funciona o investimento, alertando sobre taxas e riscos omitidos.

Para tomar uma ação rápida ou se previnir de ofertas duvidosas, o órgão destacou três passos que considera importantes:

Verificar se a empresa tem autorização do órgão oficial para operar opel menos registro em análise; Se a resposta for negativa, os consumidores devem questionar se a empresa pode continuar a oferta sem o registro; Por fim, se não houver comprovação de legitimidade, a FCA sugere que os consumidores retirem seus criptoativos ou dinheiro investidos.

“Isso ocorre porque a empresa está operando ilegalmente”, concluiu a FCA, que a partir do dia 10 de janeiro obriga qualquer empresa de criptomoedas a ter registo no país.

VOCÊ PODE GOSTAR
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
moeda do bitcoin com o logo da microstrategy ao fundo

MicroStrategy quer arrecadar US$ 500 milhões com notas conversíveis para comprar mais Bitcoin

A empresa de Michael Saylor já é a maior detentora corporativa de Bitcoin, com participações que excedem 1% da oferta circulante de BTC
roger ver criador do bitcoin cash

Manhã Cripto: Bitcoin bate no teto de US$ 71 mil e Roger Ver é solto na Espanha

Ver foi preso em abril, depois que o DOJ divulgou uma acusação alegando que ele havia evitado pagar quase US$ 50 milhões em impostos
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Manhã Cripto: Bitcoin entra em compasso de espera, mas Notcoin dispara 5%

Notcoin, um jogo Play-to-Earn no Telegram, anunciou que sua base total de jogadores agora é de 40 milhões