Imagem da matéria: Influenciador com 1 milhão de seguidores no Instagram é acusado de roubo de bitcoin
‘Jay Mazini’ em vídeo mostrando bolo de dinheiro. Imagem: Reprodução

O influenciador digital Jegara Igbara, conhecido nas redes sociais como ‘Jay Mazini’, está preso em Nova Jersey (EUA) por suspeita de roubo de bitcoin, após uma denúncia contra ele na quarta-feira (24). Segundo o Departamento de Justiça (DoJ), ele está sendo acusado de comprar e não pagar por criptomoedas negociadas com pessoas da sua base de seguidores no Instagram, que era na casa de 1 milhão até a conta ficar inativa.

“Igbara usou sua imensa popularidade na rede social para enganar seus seguidores e fazer com que vendessem Bitcoin para ele”, disse o procurador Mark J. Lesko. Segundo o relatório da corte de Nova York, em chamadas de vídeo, o influenciador alegava possuir um patrimônio de US$ 33 milhões e que com frequência mostrava imagens enviando mimos em dinheiro aos usuários.

Publicidade

De acordo com a publicação, a ação suspeita vinha sendo aplicada desde o início do ano, quando ‘Mazini’ oferecia a compra de bitcoin com preços de 3,5% a 5% acima do valor de mercado. Seu argumento era de que as exchanges estavam limitando sua capacidade de compra. Entre janeiro e março, por exemplo, ofereceu pagar US$ 52 mil por bitcoin, quando seu preço de mercado era de US$ 47 mil.

No entanto, após negociar os bitcoins com o usuário, Igbara enviava um falso comprovante de transferência eletrônica dos valores prometidos para então receber a criptomoeda. “Igbara não tinha fundos na conta identificada no recibo de transferência eletrônica que fossem suficientes para cobrir a transferência eletrônica que ele havia prometido fazer”, disse o DoJ.

Segundo reportagem do News 12, que já havia noticiado sobre algumas pessoas em Nova Jersey que receberam dinheiro do de Igbara, ele tem 25 anos e é natural de Edgewater, New Jersey.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin e bandeira dos eua

Governo dos EUA transfere parte da reserva de US$ 2 bilhões em Bitcoin para Coinbase

Departamento de Justiça dos Estados Unidos começou a mover parte dos 2 bilhões de dólares em BTC para endereço da Coinbase
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Como será o futuro do Bitcoin à medida que recompensas aos mineradores ficam cada vez menores?

O que vai acontecer em 2140, quando os mineradores de Bitcoin não ganharem mais recompensas por blocos minerados?
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

CEO da Morgan Creek Capital prevê Bitcoin a US$ 150 mil após o halving

Para o CEO da Morgan Creek Capital Management, o FOMO (medo de ficar de fora) deve ser um dos fatores que vão alavancar o preço BTC após o halving