Imagem da matéria: Índia Cogita Regulamentação de Bitcoin e Altcoins

Autoridades de Nova Delhi, maior cidade comercial do norte da Índia, propuseram às Exchanges a regulamentação de criptomoedas, porém, a forma proposta não mantém o anonimato dos usuários.

Tudo começou no dia 1 de fevereiro quando ao apresentar o Orçamento Anual, o Ministro das Finanças, Arun Jaitley, disse que o governo eliminará o uso de criptmoedas no financiamento de atividades ilegítimas.

Publicidade

A ideia é vincular os dados dos usuários ao seu número social, o Aadhaar, que funciona como o nosso CPF, um documento de identidade emitido a todo cidadão indiano e também para estrangeiros residentes. Com essa medida, os dados das transações, bem como criptomoedas mantidas em carteiras estariam à disposição numa espécie de banco central controlado pelo ministério.

Ajeet Khurana, diretor geral do grupo BACC (Comitê de Blockchain e Criptomoedas), que têm como membros sete Exchanges, enviará, ainda nesta semana, a proposta para ser analisada pelo secretário de assuntos econômicos, SC Garg, que deve responder até meados de março. O BACC também planeja um “código de conduta” para esse novo mercado.

“As empresas que negociam criptomoedas terão que adotar as melhores práticas aplicáveis ao setor bancário”, disse Khurana.

Segundo o site Indiatimes, autoridades fiscais indianas estão sendo muito rígidas na fiscalização. No passado, tanto o Governo como o Banco Central advertiam cidadãos para não cometerem ilícitos, pois criptomoedas não eram reconhecidas pelo país. Na ocasião, todos os investidores foram avisados que teriam que enviar dados dos lucros obtidos para que o governo pudesse recolher impostos. Só no ano passado estima-se que 5 milhões de indianos tenham feito negociação com criptoativos.

Leia Também: Cientistas Dizem que Mineração de Criptomoedas Prejudica Busca por Vida Fora da Terra

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin sob nota de dinehiro da nigéria

Tensão entre Binance e Nigéria escala após CEO acusar governo de suborno de R$ 770 mi

Funcionário do governo nigeriano disse que alegações são infundadas e que disputa contra Binance deve ser resolvida na Justiça
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país