Imagem da matéria: Homem mais rico da Rússia quer criar criptomoeda lastreada em metal precioso
Norilsk Nickel (Direita) em um encontro com o presidente russo, Vladimir Putin (Foto: Divulgação)

Vladimir Potanin, o homem mais rico da Rússia, pretende criar uma criptomoeda lastreada em paládio, além de construir plataformas digitais para o comércio do metal, que está entre os mais preciosos do mundo.

Segundo o Bloomberg, o empresário e oligarca russo quer realizar o projeto por meio de sua companhia, a mineradora Norilsk Nickel, a maior produtora de níquel do mundo. O valor do investimento será entre US$ 5 e US$ 6 milhões.

Publicidade

De acordo com a reportagem, a empresa já está negociando com autoridades suíças sobre a emissão de criptomoedas por sua sede na Suíça e que o mesmo pode, eventualmente, vir a acontecer com outros metais.

“A tendência das pessoas é usar cada vez mais as redes descentralizadas e queremos participar ativamente desse processo, já que há muitas vantagens em transferências com tokens digitais”, disse o bilionário em uma entrevista em Moscou, capital da Rússia.

Clientes aprovaram ideia de criptomoeda

O empresário disse que levou a ideia aos clientes e que houve interesse por tokens baseados no metal.

Ele explicou que quando um cliente percebe que não vai precisar de todo o volume de metal contratado, acaba tendo dificuldade em negociar o excedente.

No caso de um contrato digital baseado em um token, o cliente poderá vender mais facilmente o volume excedido, evitando, assim, o armazenamento indesejado.

Publicidade

“As transações com tokens são mais simples e convenientes”, disse.

Projeto depende de regulação

Caso os projetos da Norilsk Nickel obtenha a aprovação dos reguladores russos, Potanin disse que a empresa poderá dar início à criação das plataformas digitais até o final do ano.

Para isso, o empresário está conversando com legisladores e com o banco central para criar a regulamentação de plataformas digitais e, desta forma, também contribuir no crescimento da criptoeconomia.

Se depender do líder russo, o presidente Vladimir Putin, pode ser que os planos de Potanin encontre alguma barreira. Putin já disse que as criptomoedas não são uma solução para o governo.

No ano passado, ele até admitiu que as moedas digitais eram um fenômeno global, mas reforçou a visão do Banco Central russo, que é contrário à sua adoção.

Publicidade

Contudo, há um projeto de lei sobre a regulação de ativos financeiros digitais. A próxima audiência está marcada para abril.

Potanin espera começar seu negócio logo. Segundo ele, caso não seja aprovado na Rússia ele seguirá com o plano em outra jurisdição. “Seria uma pena”, disse, e acrescentou: “Se tivermos sucesso, o efeito será enorme”.

Russo fez fortuna através de influências

Vladimir Potanin é dono de uma fortuna avaliada em US$ 18 bilhões, segundo a Forbes. O empresário faz parte da oligarquia russa, que é um grupo de pessoas de negócios com muita influência no meio político e nos meios de comunicação.

Nos anos 90, Potanin usou os contatos do governo para fundar o Onexim Bank, que controlava gigantes industriais.

De acordo com o G1, naquela época o bilionário esteve envolvido na organização de leilões de “empréstimos por ações” e garantiu o controle da Norilsk Nickel por uma barganha.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Vitalik Buterin

Criptomoeda Railgun dispara mais de 100% após Vitalik Buterin dar apoio ao projeto

A criptomoeda Railgun passou a disparar na manhã desta segunda após Vitalik Buterin fazer uma postagem apoiando o projeto
Imagem da matéria: Festa secreta em São Paulo agita a agenda do halving do Bitcoin

Festa secreta em São Paulo agita a agenda do halving do Bitcoin

O evento acontece no sábado (20) em São Paulo; veja como participar
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Imagem da matéria: Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Grupo de brasileiros se unem no Telegram para tentar entender comunicações da massa falida da FTX em meio ao receio de novos golpes