Foto frontal de homem com capuz cobrindo a cara com as maõs
Shutterstock

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) prendeu na quinta-feira (14) um hacker acusado de ter sequestrado os sistemas de um cartório local e pedido resgate de R$ 20 mil em Bitcoin (cerca de 0.156 BTC). Segundo comunicado do órgão, o suspeito foi detido no município de Caldas Novas, que fica ao sul do estado, onde foi cumprido um mandado de prisão temporária.

De acordo com a nota da polícia, o homem detido, que está sendo investigado por suspeita da prática crime de extorsão e invasão de dispositivo informático, foi identificado através de técnicas investigativas de agentes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC). Durante a ação, a polícia civil contou também com o apoio da Polícia Militar do Estado de Goiás.

Publicidade

“Consta na investigação que um cartório do município de Trindade sofreu uma invasão de seus sistemas, por meio de um ataque de ransomware. Por meio desse ataque hacker, o autor criptografou todo o sistema do cartório e exigiu o valor de R$ 20 mil em criptomoedas Bitcoins para a devolução dos referidos dados”, diz o comunicado.

Trindade, que fica a 13 km de distância da capital Goiânia, está a 190 km de distância de Caldas Novas, onde o suspeito foi preso. 

Após os investigadores chegarem à autoria do delito, foi constatado que o suspeito já possuía uma ficha criminal com anotações de crimes de roubo e furto.

O Portal do Bitcoin entrou em contato com a Polícia Civil de Goiás para obter mais detalhes do caso, mas até a publicação desse artigo não o houve retorno.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Quem é Roaring Kitty e o que seu retorno significa para as criptomoedas?

Quem é Roaring Kitty e o que seu retorno significa para as criptomoedas?

Keith Gill, o Roaring Kitty, encenou seu retorno ao Twitter, depois ao Reddit e, finalmente, de volta ao YouTube com uma transmissão ao vivo que atraiu 700.000 espectadores
Imagem da matéria: Paradigm levanta US$ 850 milhões para investir em projetos cripto em estágio inicial

Paradigm levanta US$ 850 milhões para investir em projetos cripto em estágio inicial

A Paradigm, a proeminente empresa de capital de risco cripto, levantou US$ 850 mi para seu mais recente fundo voltado para projetos nascentes em várias categorias
Homem preso com as mãos algemadas nas costas

Polícia do Rio prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em golpes com criptomoedas

Operação ‘Investimento de Araque’ foi deflagrada nos estados do Rio, Amazonas e Pará; suspeitos movimentaram mais de R$ 15 milhões em dois anos
Imagem da matéria: MB diversifica portfólio e anuncia onze novas listagens em maio de 2024

MB diversifica portfólio e anuncia onze novas listagens em maio de 2024

“Muitas dessas novidades podem ser acessadas a partir de R$ 1. Isso dinamiza nosso portfólio, e viabiliza a democratização”, diz executivo