Imagem da matéria: Hacker ataca criptomoeda e debocha de desenvolvedores: “Poderia ter tirado mais”
Foto: Shutterstock

O projeto de finança descentralizada (DeFi) Thorchain que controla a criptomoeda RUNE, perdeu US$ 8 milhões após sofrer uma exploração “sofisticada” na quinta-feira (22), conforme descreveu a equipe no Twitter.

Esse já é o terceiro ataque que atinge o protocolo em menos de um mês e, dessa vez, o hacker aproveitam a oportunidade para alfinetar os desenvolvedores da criptomoeda. Em uma mensagem vinculada na transação, o invasor debochou:

Publicidade

“Eu poderia ter tirado mais Ethereum, Bitcoin, BNB, LYC, e BEP20s se quisesse dar aula de minimização de danos. São vários problemas críticos”, diz a mensagem que circulou nas redes sociais.

O hacker prosseguiu dizendo que “não se apressa um código que controla 9 dígitos”, em referência aos US$ 101 milhões de fundos que estão sob gestão do Thorchain, de acordo com os dados do DeFi Llama.

Toda essa quantia está confiada nos contratos inteligentes do protocolo de liquidez que surgiu no mercado para permitir que usuários troquem tokens de diferentes redes não compatíveis de forma descentralizada. 

Ao todo, o Thorchain acumula US$ 13 milhões de perdas em três explorações que escancaram as diversas vulnerabilidades do código. 

Publicidade

Na ofensiva de ontem, o hacker conseguiu manipular o contrato inteligente fazendo a rede acreditar que ele tinha realizado um depósito no pool que, na verdade, nunca aconteceu. Ao confundir o protocolo, o sujeito conseguiu clamar um reembolso de US$ 8 milhões.

“O hacker limitou deliberadamente seu impacto, aparentemente um white hat (hacker do bem). Ele solicitou uma recompensa de 10% que vamos dar se ele entrar em contato e incentivamos que o faça. É um momento difícil para a comunidade e a dor é real”, escreveu a equipe do Thorchain. 

A mensagem descreveu que o tesouro tem fundos suficientes para cobrir o impacto do ataque, mas que está na hora de “desacelerar” e reforçar a segurança.

Na quinta-feira passada (15), o projeto já havia perdido US$ 5 milhões depois que invasores encontraram um bug no contrato inteligente. Os desenvolvedores conseguiram agir a tempo e impedir que o estrago fosse maior. Ainda no final de junho, o Thorchain foi alvo de um exploração menor que levou outros US$ 140 mil dos fundos, segundo o The Block.

Publicidade

A queda da RUNE

RUNE, a criptomoeda nativa do protocolo, caiu 28% assim que a exploração veio a público. Nas últimas 24 horas, a moeda conseguiu diminuir as perdas para 14% e agora é negociada a US$ 3,85, segundo o CoinMarketCap.

Os eventos recentes afastam ainda mais a moeda da sua máxima histórica de US$ 21 que alcançou no final de maio. No mês, a RUNE acumula perdas de 37%.

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Tokenização de ativos enfrenta área cinzenta na declaração de Imposto de Renda |Opinião

Para o autor, a declaração de tokens que representam recebíveis, e outros ativos do mundo real, devem mudar nos próximos anos
Imagem da matéria: Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Mudanças do Código Civil incluem o reconhecimento da herança digital, que inclui criptomoedas, além de senhas de redes sociais e de milhas aéreas
Logo da Binance

Binance anuncia conselho diretor global, mas não revela onde será sua sede

Entre os três membros externos estão dois executivos do mercado financeiro e um ex-embaixador de Barbados nos Emirados Árabes Unidos
Imagem da matéria: PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

“Vandathegod” foi responsável pelo maior vazamento de dados da história do Brasil