Imagem da matéria: Grandes Exchanges de Criptomoedas da Índia Estão Tendo suas Contas Bancárias Congeladas

De acordo com um relatório da publicação de notícias indiana, The Economic Times (ET), as exchanges de bitcoin na Índia estão enfrentando alguma interrupção das principais instituições financeiras do país. Ao longo do último mês desde dezembro de 2017, vários bancos nacionais, incluindo o Banco do Estado da Índia, o HDFC Bank, o Axis Bank, o Yes Bank e o ICICI Bank, congelaram contas pertencentes a bolsas de criptomoedas.

A suspensão das contas bancárias parece ser principalmente motivada pela falta de fé do setor bancário em tais negócios, especialmente porque a maioria das bolsas está em grande parte operando com fundos emprestados. Além disso, dos bancos indianos que não impuseram uma suspensão completa nas contas bancárias, a maioria limitou a quantidade de dinheiro que pode ser retirada dentro de um único dia.

Publicidade

Embora a lista das empresas afetadas do Economic Times inclua apenas Zebpay, Unocoin, CoinSecure e BtcxIndia, outras exchanges também tiveram problemas.

Um representante bancário disse à ET que “O banco central da Índia não nos emitiu nenhuma diretiva – é um movimento cauteloso da nossa parte”. As instituições financeiras também exigem garantias em seus empréstimos, mantendo as contas em custódia. Uma fonte familiar com o assunto disse:

“Desde o mês passado, os bancos pediram garantias adicionais com proporção 1:1”.

A maioria das bolsas indianas que tomaram emprestado capital das instituições financeiras fizeram isso com a esperança de aumentar o valor equivalente no investimento em private equity, algo que ainda não se concretizou.

Os bancos também relataram que as exchanges estão usando suas contas bancárias para razões diferentes daquelas declaradas no momento da criação delas. As instituições financeiras da Índia têm o mandato de divulgar tais transações suspeitas para a Unidade de Inteligência Financeira.

Publicidade

No Brasil a situação não é muito diferente. Talvez não esteja no mesmo nível da Indiana, mas diversas exchanges brasileiras só conseguem manter suas contas abertas em algumas bancos por causa de medidas judiciais.

Felizmente, bancos novos, principalmente os bancos digitais, estão vendo esse mercado em crescimento e estão fazendo parceria com algumas empresas. Porém, ainda são pouco utilizados pelos usuários.

Leia Também: Queda do Bitcoin Foi a Maior Oportunidade de Compra em 2018, Diz Tom Lee

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Imagem da matéria: Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

O autor de um golpe de “envenenamento de endereço” parece estar pensando duas vezes depois de roubar US$ 71 milhões de um grande investidor
máquinas de mineração de criptomoedas apreenidas em

Polícia apreende 396 mineradoras de Bitcoin em casa de ex-deputado paraguaio

Miguel Cuevas, que já foi preso por enriquecimento ilícito, agora pode também ser investigado por furto de energia