Imagem da matéria: Google contrata ex-PayPal para expandir presença no mundo das criptomoedas
Foto: Shutterstock

A Google, subsidiária da Alphabet Inc., contratou Arnold Goldberg, ex-vice-presidente sênior e arquiteto de produtos no PayPal, para liderar sua unidade de pagamentos, de acordo com um artigo da Bloomberg.

Três meses após abandonar uma estratégia para permitir que usuários do Google Pay criassem contas-corrente e contas-poupança por meio de seu serviço proposto Plex, a gigante empresa de pesquisa e propaganda irá mergulhar mais profundamente em outros serviços financeiros, incluindo cartões de débito com criptomoedas.

Publicidade

“Cripto é algo que prestamos muita atenção”, disse Bill Ready, presidente de comércio da Google, à Bloomberg. “Conforme a demanda de usuários e de comerciantes evolui, iremos evoluir junto.”

A Google Pay, carteira digital da empresa para aquisições on-line ou móveis por aproximação, já fez algumas tentativas relacionadas ao setor cripto.

Em março de 2020, uma notícia que provavelmente foi ofuscada pelas quarentenas por conta da covid-19, foi que a Google Pay acrescentou uma integração para o Coinbase Card, um cartão de débito da Visa que permite pagamentos em bitcoin (BTC).

Usuários do Google Pay pode incluir os detalhes de cartão em seus celulares Android e começar a comprar coisas em bitcoin. O Coinbase Card também possui integração com o Apple Pay.

Publicidade

Em agosto de 2021, meses após a integração com o Apple Pay, a BitPay Mastercards também chegou até o Google Pay.

Em outubro de 2021, a Bakkt anunciou que holders de seu cartão de débito podem usá-lo junto com Google Pay para comprar bens e serviços com bitcoin. O serviço oferecia uma forma de pessoas trocarem seus bitcoins por dólares no momento da venda.

Mas a Google está bem atrasada em comparação à Apple Play – em parte, graças à dominância da Apple no mercado de smartphones e seu foco no desenvolvimento de aplicativos.

É aí que Goldberg pode ajudar. No fim de 2020, enquanto Goldberg ainda estava na empresa, o PayPal anunciou que clientes seriam capazes de comprar criptomoedas, como bitcoin e ether, em sua plataforma.

Publicidade

A empresa de serviços de pagamentos aumentou suas ofertas ao longo de 2021, com o lançamento de pagamentos cripto para comerciantes e integrações com seu aplicativo Venmo.

Embora Ready tenha dito à Bloomberg que o Google ainda não está pronto para apresentar transações com criptomoedas, é evidente que isso faz parte de sua estratégia futura.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Wells Fargo dos EUA e a Metaplanet do Japão anunciaram novos investimentos no Bitcoin
Imagem da matéria: Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Embora a Coinbase tenha informado nesta manhã que o problema estava resolvido, sua página de status ainda indica que o app móvel e site estão com “desempenho prejudicado”
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO