moeda de Bitcoin à frente do logotipo do Goldman Sachs
Shutterstock

O Goldman Sachs continua a reconhecer a importância do Bitcoin. O CEO do banco, David Solomon, abordou hoje a criptomoeda – e as moedas digitais do banco central (CBDCs) – em uma teleconferência de resultados.

“À medida que as atividades nessas áreas [criptomoeda, blockchain e digitalização de dinheiro] progridem, haverá uma disrupção significativa e uma mudança na forma como o dinheiro se move ao redor do mundo”, disse ele.

Publicidade

“Há também um foco significativo em criptomoedas como o Bitcoin, onde a trajetória é menos clara à medida que os participantes do mercado avaliam sua possibilidade como reserva de valor”, acrescentou.

Os comentários do CEO ecoaram o que ele disse no início deste mês: que os clientes do banco estão interessados ​​em Bitcoin, mas uma regulamentação mais clara é necessária para que a empresa atue neste mercado.

A Goldman Sachs está de olho nos ativos digitais. Ela planeja oferecer produtos de investimento Bitcoin para seus clientes de wealth management e recentemente anunciou a reabertura de sua mesa de negociação de criptomoedas.

Mas a regulamentação nos EUA está desacelerando as coisas. “É claro que precisamos operar dentro das diretrizes regulatórias atuais”, continuou Solomon.

Publicidade

O CEO acrescentou que o banco “desempenhará um papel nessas inovações, pois são importantes para nossos clientes e para o futuro dos sistemas financeiros globais”.

Solomon também mencionou CBDCs. Um CBDC é um ativo digital centralizado, controlado por um governo ou banco central, que deseja melhorar o funcionamento das moedas fiduciárias nativas, como o dólar americano ou o iene japonês.

Os países estão em diferentes estágios de produção de um CBDC. A China já está testando uma versão digital do yuan, mas os EUA ainda estão atrasados; o Banco Central dos EUA disse que ainda não está perto de tomar uma decisão sobre o lançamento de um CBDC.

Solomon reconheceu a importância de tal tecnologia, dizendo que os bancos centrais de todo o mundo estavam examinando os CBDCs para calcular o “impacto de longo prazo nos sistemas globais de pagamento”.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Bitcoin e Ethereum passam a cair e provocam liquidações de US$ 150 milhões

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum despencaram na manhã de sexta-feira (10), provocando uma onda de liquidação de longo prazo
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)