Máquinas alinhadas em um centro de mineração
Shutterstock

A Riot Platforms, gigante do setor de mineração de Bitcoin, anunciou planos para tentar adquirir a mineradora Bitfarms, que, se bem-sucedida a pechincha, transformaria a entidade na maior mineradora de capital aberto do mundo. 

A mineradora americana anunciou na terça-feira (28) que havia feito uma proposta privada no mês passado, mas que a Bitfarms rejeitou a oferta. 

Publicidade

A Riot disse que acumulou uma participação de 9,25% na Bitfarms para se tornar o maior acionista da mineradora — e agora está se oferecendo para comprá-la por US$ 2,30 por ação. 

As ações da Bitfarms (NASDAQ:BITF) subiram quase 8% com as notícias, sendo negociadas na tarde de terça a US$ 2,18.

“Ficamos desapontados ao saber que o conselho da Bitfarms rejeitou nossa proposta convincente sem iniciar um diálogo substancial conosco”, disse o presidente executivo da Riot, Benjamin Yi, em um comunicado. 

“Embora respeitemos há muito tempo a equipe de negócios e gestão da Bitfarms, estamos confiantes de que os acionistas da Bitfarms concordarão que esta proposta representa uma alternativa significativamente mais atraente para a Bitfarms do que sua trajetória autônoma”, acrescentou.

Publicidade

O CEO da Riot, Jason Less, disse que a Bitfarms administrou mal seus negócios depois da recente demissão do CEO da empresa, Geoffrey Morphy.

“Estamos profundamente preocupados que os fundadores do conselho da Bitfarms — Nicolas Bonta e Emiliano Grodzki — possam não estar agindo no melhor interesse de todos os acionistas da Bitfarms”, disse ele, acrescentando que a rescisão abrupta de Morphy e o processo do executivo demitido “levantam questões sérias”.

A Bitfarms demitiu Morphy este mês depois que ele entrou com uma ação contra a mineradora, reivindicando US$ 27 milhões em danos por quebra de contrato. A empresa se recusou a responder às perguntas do Decrypt.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas douradas de Bitcoin (BTC) e um gráfico de preço ao fundo

Preço do Bitcoin despenca com liquidações de US$ 245 milhões no mercado

As liquidações de criptomoedas dispararam na terça-feira (11), com o Bitcoin despencando 5% e indo a US$ 66 mil
smartphone com logotipo da Toncoin TON à frente de monitor que mostra gráfico de mercado

Semana Cripto: Bitcoin cai enquanto Toncoin sobe e se aproxima da Dogecoin em valor de mercado

Criptomoedas de grande capitalização como PEPE e WIF também tiveram quedas de até 20% na semana
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 3% antes da decisão sobre taxa de juros e relatório de inflação dos EUA

Manhã Cripto: Bitcoin cai 3% antes da decisão sobre taxa de juros e relatório de inflação dos EUA

Federal Reserve não deve cortar taxa de juros, já que os dados da inflação ainda não estão no cenário ideal para as autoridades dos EUA