Cameron e Tyler Winklevoss
Os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss (Shutterstock)

A plataforma de criptomoedas Genesis, de propriedade da Digital Currency Group (DCG), está em uma situação ruim. O braço de empréstimos da empresa interrompeu os saques de clientes em novembro, em meio à queda do FTX, e supostamente deve aos usuários do produto Earn da corretora Gemini cerca de US$ 900 milhões.

Nesta segunda (2), os fundadores da Gemini, os gêmeos Winklevoss – pioneiros do Bitcoin que se tornaram milionários em uma disputa com o Facebook – deram um ultimato ao CEO da DCG sobre o que eles chamam de “táticas de de má fé para atrasar os reembolsos”.

Publicidade

O cofundador da Gemini, Cameron Winklevoss, twittou uma carta aberta ao fundador e CEO do DCG, Barry Silbert. Winklevoss escreveu que a Gemini tentou repetidamente chegar a “uma resolução consensual” para a disputa com a DCG e a Genesis sobre a devolução de fundos aos usuários, mas alegou que Silbert e suas empresas atrasaram o processo.

Na carta, ele afirma que existem cerca de 340 mil credores da plataforma Earn que “estão cansados de esperar” e pede que Silbert concorde com um prazo limite até 8 de janeiro para devolver o dinheiro.

“Entendemos que existam custos iniciais para qualquer reestruturação e, às vezes, as coisas não acontecem tão rápido quanto gostaríamos”, escreveu Winklevoss. “No entanto, agora está ficando claro que você tem se engajado em táticas de de má fé para atrasar os reembolsos.”

Winklevoss, que iniciou a Gemini com seu irmão gêmeo Tyler, escreveu que Silbert até agora se recusou a “entrar em uma sala” com a liderança do Gemini para resolver as coisas, além de se recusar a “concordar com um cronograma com marcos importantes”.

Publicidade

“Depois de seis semanas, seu comportamento não é apenas completamente inaceitável, é injusto”, acrescentou Winklevoss. “A ideia em sua cabeça de que você pode se esconder silenciosamente em sua torre de marfim e que tudo isso vai desaparecer magicamente, ou que isso é problema de outra pessoa, é pura fantasia.”

Uma luta de US$ 1,7 bilhão

Winklevoss afirma que a DCG deve US$ 1,675 bilhão à Genesis, citando números combinados que Silbert compartilhou com investidores em novembro. Esse valor inclui um empréstimo de US$ 575 milhões com vencimento em maio, mais uma nota promissória de US$ 1,1 bilhão com vencimento em junho de 2032 vinculada ao colapso da Three Arrows Capital (3AC).

Em uma resposta no Twitter, Silbert refutou que a DCG deva dinheiro à Genesis, ao mesmo tempo em que afirmou que o grupo recentemente enviou uma proposta para a Genesis.

“A DCG não emprestou US$ 1,675 bilhão da Genesis. A DCG nunca perdeu um pagamento de juros para a Genesis e está em dia com todos os empréstimos pendentes; o próximo vencimento do empréstimo é maio de 2023”, tuitou Silbert em Winklevoss. “O DCG entregou à Genesis e seus assessores uma proposta em 29 de dezembro e não recebeu nenhuma resposta.”

Publicidade

O que é Gemini Earn?

O Gemini Earn é um produto de poupança de alto rendimento que oferece aos clientes um retorno anual de até 8% sobre depósitos de cripotmoedas, dependendo de quais ativos são mantidos. A Genesis atuou como o principal parceiro de empréstimo da Gemini e, depois que a Genesis suspendeu as retiradas de empréstimos em novembro, a Gemini também interrompeu as retiradas para seus usuários Earn.

Em uma carta de novembro, Silbert tentou tranquilizar os investidores de que o DCG não enfrentava nenhuma ameaça iminente em meio às ondas de choque em todo o setor após o colapso da FTX. No entanto, a empresa supostamente está sofrendo de problemas de liquidez, conforme sugerido tanto pelo comitê de credores que trabalha com os problemas da Gemini quanto pela exchange de criptomoedas holandesa Bitvavo.

*Traduzido com autorização do Decrypt

Como será o mercado de criptomoedas em 2023? Clique aqui e descubra no relatório gratuito do time de Research do MB

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Meta é que comunidade de programadores crie soluções na XRP Ledger, blockchain usada pela empresa e que tem o token nativo XRP
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos
Imagem da matéria: Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Um complexo emaranhado entre bancos centrais em relação ao iene levará a uma frenética impressão de dinheiro, elevando o preço do Bitcoin, diz o cofundador da BitMEX