Imagem da matéria: Fundos de bitcoin dos EUA perdem US$ 141 milhões em apenas uma semana
Foto: Shutterstock

Durante a primeira semana de junho, os investidores tiraram US$ 141 milhões dos principais fundos de investimento em bitcoin, a maior saída semanal já registrada nesse tipo de produto. 

A CoinShares divulgou esses dados na segunda-feira (7) no seu relatório periódico que analisa as entradas e saídas das principais firmas de investimento do setor, como a Grayscale, 3iQ, 21Shares, Bitwise, entre outras.

Publicidade

O estudo indica que os investidores ainda estão cautelosos com o bitcoin, uma vez que o ativo não parece estar forte o suficiente para engatar uma recuperação concreta de preços.

Apesar da moeda ter ensaiado uma alta no meio da semana passada e mantido seu preço por volta de US$ 39 mil na quinta (3), as quedas se intensificaram logo em seguida e o BTC fechou domingo a US$ 35 mil.

Com esse desempenho, a criptomoeda líder do mercado foi a que mais perdeu investidores nos últimos sete dias. Por outro lado, parte desse dinheiro pode ter migrado para outros ativos digitais que registraram um crescimento.

O Ethereum continua sendo a altcoin favorita dos investidores e seus fundos receberam mais US$ 33 milhões na semana passada. A XRP foi outro destaque e angariou US$ 7 milhões em investimentos, o maior fluxo positivo da moeda desde abril. Mais US$ 4,3 milhões entraram em fundos de Cardano e US$ 1,7 milhões em produtos multi-ativos.

Publicidade

Apesar do crescimento das altcoins, o desempenho negativo do bitcoin fez as principais firmas de investimento perderem US$ 94 milhões na semana.

Queda do bitcoin

O bitcoin enfrenta uma desvalorização de 10,3% nas últimas 24 horas e agora está cotado a US$ 32.230. Com o dólar valendo R$ 5,04 no Brasil, a queda por aqui é ainda mais grave e a criptomoeda atinge a sua pior cotação em real em quatro meses. Segundo o Índice de Preço do Bitcoin (IPB), o ativo é negociado a R$ 160 mil nas principais exchanges brasileiras.

A queda se intensificou depois que o FBI recuperou US$ 3,2 milhões em bitcoin roubados por hackers durante um ataque ransomware ao oleoduto da Colonial Pipeline no mês passado. Sem detalhar como o valor foi recuperado, a notícia provocou um temor no mercado de que as criptomoedas podem não estar fora do controle do governo.

Para pesar ainda mais no clima de incerteza que ronda o BTC, o mercado se preocupa com as mudanças na política monetária dos EUA que podem chegar na semana que vem, além das constantes investidas da China contra o avanço da indústria cripto no país.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Alta do Bitcoin pode ser retomada após o halving e alvo é US$ 150 mil, diz Bernstein

Analistas reiteraram a previsão de US$ 150 mil para o Bitcoin até o final de 2025
BTC bitcoin na frente de nota de dólar de 1 milhão

Preço do Bitcoin aumenta com otimismo de Biden sobre queda de juros do Fed ainda este ano

“Mantenho minha previsão de que, antes do final do ano, haverá um corte nas taxas”, disse o presidente dos Estados Unidos
moeda de bitcoin e logo da grayscale ao fundo

ETF de Bitcoin da Grayscale já perdeu 50% de suas reservas de BTC desde janeiro

No mesmo período, os ETFs de Bitcoin da BlackRock e Fidelity ganharam até 32% de participação de mercado
Baleia dourada envolto a moedas de bitcoin

Baleia adormecida por 14 anos movimenta R$ 17 milhões em Bitcoin

As transações dos 50 BTCs oriundos da recompensa de bloco em 2010 ocorreram nesta manhã de segunda-feira (15)