Imagem da matéria: Fundador do Alibaba diz que Bitcoin não é para ele

O magnata chinês Jack Ma está confuso com o bitcoin e não está interessado em aprender mais sobre essa classe emergente de ativos, mesmo que sua empresa esteja despejando recursos significativos no desenvolvimento do blockchain.

Falando com a CNBC, o fundador e presidente executivo do conglomerado de tecnologia Alibaba, disse que repetidamente foi perguntado sobre o bitcoin na World Internet Conference, que foi realizada nesta semana em Wuzhen, na China.

Publicidade

“Eu disse honestamente, eu sei muito pouco sobre isso, e estou totalmente confuso”, Ma respondeu.

Ma, cujo patrimônio líquido é de US $ 38,6 bilhões tornando-o o homem mais rico da China, advertiu que, se o bitcoin se revelasse mais do que apenas um golpe no radar econômico, ele iria resolver completamente a ordem internacional.

“Mesmo que isso funcione, todas as regras internacionais sobre comércio e financiamento vão ser completamente alteradas”, disse ele, acrescentando que “Nós gastamos muitos esforços na tecnologia e desenvolvimento do blockchain”.

Ma enfatizou que os esforços da Alibaba em relação ao blockchain serão restritos a aplicativos que operam dentro da atual ordem econômica. A empresa já lançou iniciativas blockchain destinadas a melhorar os cuidados de saúde e combater a venda de alimentos falsificados.

“Eu não acho que estamos prontos para isso”, disse ele, lançando dúvidas sobre se o Alibaba vai dar um salto na direção das criptomoedas. “Estou [indo] focar no AliPay”, a plataforma de pagamentos móveis da empresa, bem como outras tecnologias que se concentram em moedas como RMB, USD, EUR e outras.

Publicidade

“Bitcoin não é para mim”, Ma reiterou, afirmando que, embora Alibaba deseja liderar as opções de pagamento sem dinheiro na china, quer fazê-lo de forma eficiente, transparente e sem corrupção, talvez se referindo a algumas críticas que o bitcoin sofre.

“Nós não estamos focados no bitcoin, estamos focados em uma sociedade sem dinheiro para a China… tentando garantir que a sociedade seja mais eficiente, mais transparente, sem corrupção”, concluiu.

Leia também: Quem Comprou R$ 1 mil em Bitcoin um Ano Atrás, Hoje tem R$ 21 Mil

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin à vista já controlam mais de 1 milhão de BTC

Mais da metade dos US$ 70,5 bilhões em fundos está praticamente dividida entre Grayscale e BlackRock