Fundador da criptomoeda Tron paga R$ 18 milhões para almoçar com Warren Buffett

Fundador da Tron paga R$ 18 milhões para almoçar com Warren Buffett
Foto: Reprodução/Twitter


O empresário chinês Justin Sun, fundador da rede Tron e CEO da BitTorrent, doou US$ 4,5 milhões (cerca de R$ 18 milhões) para poder almoçar com um dos empresários mais céticos às criptomoedas do mundo, Warren Buffett.

Agora o presidente e maior acionista da Berkshire Hathaway, que chamou o bitcoin de ‘veneno de rato ao quadrado’, terá que almoçar com um dos maiores entusiastas do criptomercado.

Sun tem 28 anos e criou a Tron em 2017. A empresa é detentora do token TRX, criptoativo homônimo, e atualmente tem o 11º maior valor de mercado com cerca de US$ 2,5 bilhões.

O valor em questão foi destinado como doação de Sun à ação filantrópica do bilionário chamada ‘20th-anniversary charity lunch hosted’. A ação de caridade acontece todos os anos desde 2000.

Tanto o nome do vencedor quanto o valor doado foram confirmados pela Glide Foundation, cujo leilão online de cinco dias no eBay terminou na noite da sexta-feira (31).

Na tarde de segunda-feira (03), Sun tuitou:

“Anuncio oficialmente que eu fui o vencedor do almoço de caridade de 20 anos, organizado por Warren Buffett. Convido, também, líderes do setor de blockchain para se encontrarem com um titã dos investimentos. Espero que isso beneficie a todos”.



Agora resta saber quem Sun deve levar para se sentar à mesa com ele e Buffett em Nova York, bem como quais estratégias ele deverá usar para ao menos tentar mudar a mente do bilionário em relação à criptoeconomia.

Warren Buffett x Bitcoin

Warren Buffett é crítico ferrenho do bitcoin e de longa data. Em uma entrevista em janeiro de 2018, ele disse que “tratando-se de criptomoedas, no geral, quase posso dizer com certeza que elas terão um final infeliz”.

Três meses depois, em entrevista para o Yahoo, o megainvestidor falou que bitcoin não é investimento e que as pessoas só compram porque esperam que alguém um dia o venderá por um preço mais caro.

“Você não está investindo quando faz isso, está especulando. Não há nada de errado com isso. Se você quer apostar que alguém vai pagar mais dinheiro amanhã, é um tipo de jogo, mas não é investimento”.

Mais recentemente, falando de fraudes com criptomoedas, o bilionário disse o bitcoin até agora não havia produzido nada, comparando-o a algo estático.

“Não faz nada. Apenas fica lá. É como uma concha do mar ou algo assim, e isso não é um investimento para mim”.

Em uma outra comparação, o empresário equiparou o bitcoin com o botão do seu paletó.

“Eu vou arrancar um botão aqui, eu vou ter um token. Vou te oferecer por US$ 1000 e até o final do dia tentar vendê-lo por até US$ 2 mil… Mas o botão tem um uso e é um uso muito limitado”.

No entanto, Buffet não deixou de dizer que a tecnologia que surgiu com o bitcoin, a blockchain, tem algo para dar, mas que não precisa da criptomoeda.

Quando perguntado se ele se envolveria com  a tecnologia, respondeu:

“Nós provavelmente já estamos fazendo isso indiretamente, mas não, eu não seria a pessoa para liderar blockchain”.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br