Imagem da matéria: Fundação Stellar vai distribuir R$ 500 milhões da criptomoeda XLM em rede social
Foto: Shutterstock

A Fundação Stellar vai distribuir 2 bilhões de sua criptomoeda, XLM, a usuários da rede social Keybase. De acordo com um comunicado na segunda-feira (09), o airdrop, avaliado em cerca de US$ 120 milhões (R$ 500 milhões), começa no dia 15 de outubro vai durar 20 meses com a distribuição a cada quinze dias.

A Keybase, que segundo a Fundação é boa alternativa ao Instagram e Telegram, vai distribuir as XLM apenas para contas qualificadas.

Publicidade

Para se qualificar para o airdrop, diz  artigo da Stellar, “você deve ter uma conta Keybase registrada antes do anúncio do airdrop ou se você é novo no Keybase, deve conectar sua conta do Keybase a uma conta GitHub ou HackerNews que foi registrada antes do anúncio do airdrop”.

De acordo com a Fundação, a exigência tem como objetivo evitar inscrições de bot na Keybase.

Primeiros 100 milhões de Stellar

A Stellar já enviou 100 milhões de XLM a todos os usuários ativos da Keybase, que são 300.000 — o valor aproximado é de cerca de US$ 6 milhões (R$ 25 milhões) e os próximos serão distribuídos igualmente entre todos os participantes.

Este, portanto, será o maior airdrop da história da Stellar — média de US$ 20 (R$ 80) para cada usuário.

“Tudo o que você precisa fazer é ter uma conta Keybase autenticada e suas XLM aparecerão em sua carteira automaticamente todos os meses, enquanto o lançamento continuar”, escreveu a Coindesk.

Publicidade

Conforme anuncio, pelo menos os três meses de airdrops estão garantidos. A continuação, portanto, vai depender do sucesso das metas traçadas na ação.

Denelle Dixon, diretora executiva da Fundação Stellar, disse que que Keybase é parte essencial de uma estratégia para aumentar a adoção da criptomoedas.

“O propósito da Fundação é entregar lumens [XLM] ao mundo. Isso é parte do plano. E 2 bilhões são realmente ótimos. E faremos as contas ao longo do caminho”.

Parceria Stellar e Keybase

Segundo a Coindesk, a Stellar e a Keybase trabalham juntas há algum tempo, onde começou com um investimento da Stellar em março de 2018, grande o suficiente para fechar a rodada de financiamento da Série B da Keybase.

Publicidade

A diretora ressaltou o airdrop é um investimento não apenas nos usuários do Keybase, mas também vários projetos que a empresa tem em mente. 

Sobre o número de usuários da Keybase, Dixon comentou:

“O número parece muito mais racional quando analisado por um período de 20 meses, o que demonstra que achamos uma oportunidade valiosa para os usuários nos conhecerem”.

Pagamentos com Stellar

Ainda de acordo com a Coindesk, por meio da plataforma da Keybase, os usuários podem enviar Stellar para diferentes usuários e números de telefone, mesmo para aqueles sem uma conta na plataforma.

De acordo com um porta-voz da rede social, a plataforma vai adicionar mais recursos nos próximos meses para mais funcionalidade de pagamento baseada no criptoativo XLM.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
HANDS, memecoin, mãos, rug pull,

Criador de memecoin disse que não tinha mãos, então não conseguiria “puxar o tapete” — ele mentiu

“NoHandsNoRug”, o criador da memecoin HANDS, disse que não aplicaria um rug pull. Adivinha o que aconteceu em seguida?
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

No Brasil, investidores reagem à decisão do Copom de reduzir em 0,25 ponto percentual a taxa básica de juros (Selic)
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop
máquinas de mineração de criptomoedas apreenidas em

Polícia apreende 396 mineradoras de Bitcoin em casa de ex-deputado paraguaio

Miguel Cuevas, que já foi preso por enriquecimento ilícito, agora pode também ser investigado por furto de energia