CEO da corretora de criptomoedas Coinbase, Brian Armstrong, participa de palestra
(Reprodução)

O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, acredita que “flatcoins” são a próxima iteração das stablecoins.

“É algo novo no horizonte”, disse Armstrong em uma entrevista recente ao discutir a direção futura da exchange. “Há algumas equipes trabalhando nisso. Ainda não estamos construindo algo nesse sentido, mas estamos interessados”, acrescentou.

Publicidade

Flatcoins, um termo mencionado pela primeira vez no Twitter pelo ex-CTO da Coinbase Balaji Srinivasan em 2021, são projetadas para se moverem de acordo com a inflação, em vez de serem atreladas a uma moeda ou ativo.

Não é a primeira vez que o CEO da Coinbase discute a tecnologia. Em um tópico no Twitter no final de agosto, Armstrong colocou flatcoins no topo de uma lista de 10 ideias cripto que o entusiasmaram mais.

https://twitter.com/brian_armstrong/status/1696923807855042601

O que são flatcoins?

Flatcoins são um tipo de stablecoin projetadas para acompanhar a inflação, ao contrário das stablecoins, que estão atreladas ao valor nominal de uma moeda ou ativo.

Ao acompanhar a inflação, argumenta-se que as flatcoins oferecem melhor retenção de valor do que as stablecoins, oferecendo um melhor retorno sobre o seu investimento.

Dados de inflação ao consumidor entre 2010 e 2022 (Banco Mundial)

A inflação global aumentou acentuadamente nos últimos dois anos, segundo o Banco Mundial, o que significa que o poder de compra a moeda diminuiu.

Publicidade

Em vez de moeda fiduciária, os projetos normalmente tentam seguir uma cesta de ativos para garantir a paridade da cripto.

Nos exemplos vistos pelo Decrypt, os desenvolvedores usam um índice público de custo de vida, como o Índice de Preços ao Consumidor dos EUA (CPI), ou um índice proprietário de custo de vida, como o Truflation, para calcular o valor da flatcoin diariamente e ajustar o fornecimento da moeda em conformidade.

Exemplos de flatcoins

Existem vários projetos atualmente construindo flatcoins. O Nuon, que afirma ser a primeira verdadeira flatcoin, é uma moeda à prova de inflação construída em Ethereum.

Enquanto isso, a Spot está atrelada ao custo de vida nos Estados Unidos, enquanto a Moeda Estável Internacional (ISC, na sigla em inglês) baseada em Solana está atrelada a uma mistura de ativos, incluindo bonds, títulos do tesouro e ouro. Outros, como a Collypto, rastreiam imóveis e commodities em busca de garantias.

Publicidade

“As stablecoins existentes atreladas ao dólar americano não são só inflacionárias, mas também são quase predatórias”, disse Richard, o pseudônimo cofundador da ISC, ao Decrypt.

Ele acrescentou que as stablecoins atuais aceitam os depósitos dos clientes e os investem a seu critério. “Quando as condições de mercado são boas, eles lucram bilhões. Quando as condições de mercado são ruins, os usuários mantêm stablecoins sem paridade. Isso significa que os usuários estão assumindo todos os riscos, enquanto os grandes estão assumindo todos os retornos desse risco”, explicou ele acrescentando que o “melhor cenário” é que “nada exploda, mas o seu poder de compra seja consumido pela inflação”.

O que torna as flatcoins atraentes, disse Richard, é que “elas não apenas protegem o poder de compra, mas também recompensam os usuários pelo risco que correm”.

Ele acrescentou que espera ver uma “cauda longa” de flatcoins de posição de dívida não colateralizada (não-CDP) seguindo a ISC no mercado. Uma stablecoin CDP é aquela que usa contratos inteligentes para cunhar stablecoins e liquidar posições se a garantia subjacente cair; stablecoins não-CDP não usam contratos inteligentes para cunhar e garantir.

Desafios de Flatcoin

Tal como acontece com qualquer criptomoeda, existem desafios a superar. Para rastrear uma taxa inflacionária ou uma cesta de ativos, o criador da flatcoin deve manter ativos suficientes para compensar as perdas incorridas quando os investidores retirarem fundos ou os ativos se depreciarem.

Publicidade

Alguns projetos utilizam yield farming para conseguir isso, mas as plataformas de finanças descentralizadas (DeFi) podem e têm sido alvo de hacks, tornando-as potencialmente arriscadas.

Embora Armstrong esteja entusiasmado com a perspectiva das flatcoins, elas enfrentam um ambiente regulatório incerto. Em fevereiro deste ano, a Administradora de Valores Mobiliários canadense anunciou planos para proibir stablecoins não lastreadas em moeda fiduciária, o que significa que as flatcoins poderiam enfrentar mais obstáculos.

*Traduzido por Rodrigo Tolotti com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

A big tech revelou o Copilot+ PC “projetado para IA” que recorda tudo o que é exibido na tela do seu computador
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”