A tempo dos Campeonatos Mundiais da Federação de Xadrez, a Federação Internacional de Xadrez (FIDE, na sigla em inglês) anunciou, na quarta-feira (03), uma parceria com a TON Labs para lançar um novo marketplace de tokens não fungíveis (NFTs) dedicado ao esporte de xadrez.

ChessNFT.com irá apresentar arte e colecionáveis digitais com momentos únicos do xadrez.

Publicidade

Por ser um dos jogos mais antigos e ainda praticado, o xadrez teve uma alta na popularidade desde que a minissérie “O Gambito da Rainha” (2020) da Netflix colocou o esporte em evidência no debate cultural.

“FIDE começou uma jornada empolgante e ambiciosa de digitalização para integrar novas experiências e oportunidades aos entusiastas de xadrez em todo o mundo”, afirmou Arkady Dvorkovich, presidente da FIDE, em um comunicado de imprensa.

“Estamos empolgados para que uma das primeiras etapas seja um grande marketplace de NFTs, bem a tempo da partida do campeonato global em Dubai.”

Fundada em 1924 em Paris, FIDE é composta por 195 associações nacionais de xadrez espalhadas pelo mundo. TON é uma bifurcação da fracassada Telegram Open Network.

Telegram, o popular aplicativo de mensagens, que estava por trás da iniciativa TON, estava sob a mira regulatória da Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA (SEC) em 2020 após a agência ter considerado GRAM, seu token nativo, como um valor mobiliário.

Publicidade

Apesar de TON não ter passado nem da etapa de rede de testes, em maio de 2020, TON Labs ajudou a lançar o blockchain Free TON usando o código aberto do protocolo original TON.

“A união do esporte clássico e universalmente amado do xadrez com o mundo blockchain e cripto possui a capacidade de levar xadrez à frente das mentes de um novo grupo de fãs em todo o mundo”, afirmou Alexander Filatov, cofundador e CEO do TON Labs.

Filatov acrescentou que TON Labs e FIDE vão permitir que a grande comunidade de xadrez explore sua paixão de forma única, completamente descentralizada e digital por meio dos NFTs.

Esta não é a primeira vez que xadrez se colidiu com cripto. Em 2019, por exemplo, FIDE firmou uma parceria com Algorand para lançar um museu pop-up em Hamburgo, na Alemanha, dedicado à história do blockchain.

No mesmo mês, World Chess anunciou uma oferta de tokens de valor mobiliário com a Algorand.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Algoritimos formam rosto em tela de computador

Portal do Bitcoin apresenta TOSHI, agente de Inteligência Artificial que busca a notícia que você precisa

TOSHI foi treinado para buscar as notícias que o leitor precisa via palavra-chave, tema, e possui comandos básicos de interação junto ao usuário
Imagem da matéria: CEO da Ripple será julgado por supostas "declarações enganosas" em entrevista de 2017

CEO da Ripple será julgado por supostas “declarações enganosas” em entrevista de 2017

CEO da Ripple disse em 2017 que estava “muito comprado” em XRP, mas investidores alegam que ele vendeu milhões de dólares em XRP no mesmo ano
Imagem da matéria: Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

A B2V Crypto registra mais de 5 mil cotistas em seus fundos de investimento
Círculo formado por criptomoedas com bitcoin no centro

Taiwan cria associação de criptomoedas em avanço para autorregulação

24 empresas de criptomoedas que se comprometeram ao combate à lavagem de dinheiro entraram na Associação de Provedores de Serviços de Ativos Virtuais de Taiwan