Imagem da matéria: Fatia de mercado da Binance cai de 70% para 54%, aponta pesquisa
Foto: Shutterstock

Os traders que operam na Binance parecem estar muito mais preocupados com as taxas das negociações do que com as ações dos reguladores dos EUA.

A participação de mercado global da Binance em negociações à vista caiu 16 pontos percentuais nas últimas duas semanas, passando de 70% para 54%, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado Kaiko – o menor valor desde novembro do ano passado, segundo o portal CoinDesk.

Publicidade

Inicialmente, poderia parecer que o processo movido pela CFTC dos EUA contra a exchange seria o motivo principal para esse declínio.

No entanto, o market share da Binance já tinha descido para menos de 60% antes mesmo da ação regulamentar. Em vez disso, as pesquisas mais recentes da Kaiko sugerem que a liquidez saiu da corretora principalmente após o fim seu programa de negociação Taxa Zero para diversos pares com o Bitcoin, no dia 22 de março.

A situação parece ter piorado depois dos encargos da CFTC no dia 27 de março, reduzindo o market share dela para 54%.

Participação de mercado das principais corretoras globais (Kaiko)

Além disso, a utilização de outros produtos como os derivativos e a unidade americana, a Binance.US, se manteve estável, o que sugere que os investidores estão ignorando os riscos regulatórios por enquanto.

Publicidade

A participação da Binance nos volumes de negociação de futuros perpétuos, um produto popular de derivativos, caiu apenas 2% após o processo da CFTC, mantendo sua liderança maciça de 63% em relação ao resto do mercado.

“Acho que os traders estão muito mais conscientes dos custos”, disse Clara Medalie, diretora de pesquisa da Kaiko ao Decrypt. “O processo da CFTC mal abalou o volume de derivativos ou volumes de negociação na Binance.US, que não tinha o programa de Taxa Zero.”

Participação nos EUA

Já no mercado americano, a tendência é oposta. O relatório da Kaiko mostra que a subsidiária local da Binance aumentou sua participação de mercado nos volumes de negociação à vista desde o início de 2023, passando de 8% para 24%.

A Binance.US também começou a conquistar o market share da Coinbase, cujo domínio no país baixou de 60% para 49% no primeiro trimestre de 2023.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos cripto do Brasil ficam atrás apenas dos EUA ao captar mais R$ 14 milhões na semana

Fundos cripto do Brasil ficam atrás apenas dos EUA ao captar mais R$ 14 milhões na semana

Fundos de investimento com foco em cripto do Brasil captaram US$ 2,9 milhões entre 22 e 29 de março
Imagem da matéria: Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Alto número de operações de spam estão fazendo com que a Solana fique mais lenta e que transações não sejam processadas
Imagem da matéria: Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Na Paris Blockchain Week, o presidente da Animoca Brands, Yat Siu, discutiu a regulamentação da SEC, o ressurgimento do mercado de NFT e as finanças de sua empresa
Imagem da matéria: Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

No Parque Hyatt, no centro de Paris, o presidente da Crypto.com, Eric Anziani, falou com o Decrypt sobre regulamentação e a expansão de sua exchange