Imagem da matéria: Expiração de US$ 3,5 bilhões em opções de Bitcoin e Ethereum provocam tensão no mercado
Foto: Shutterstock

Bitcoin e Ethereum mantiveram-se firmes em meio a um pesado evento de expiração de opções na manhã desta sexta-feira (26).

A principal criptomoeda subiu 1%, enquanto o ETH operava numa alta maior — de 1,6%.

Publicidade

No início da manhã, o Bitcoin estava sendo negociado a US$ 26.509, uma queda de 11% nos últimos 30 dias. No mesmo período, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado caiu 4,6%.

Hoje, as opções de Bitcoin na Deribit expiraram nesta manhã com um valor nominal de US$ 2,26 bilhões, e US$ 1,25 bilhão para Ethereum, causando incerteza no mercado.

O valor nominal se refere ao número total de ordens de opções pendentes no mercado que ainda não expiraram.

O mercado de opções de Bitcoin tinha uma relação put-to-call de 0,44. Da mesma forma, para o ETH, cada opção de venda tinha duas opções de compra abertas. Isso sugere que os traders em sua maioria mantinham posições otimistas, o que provavelmente explica por que o preço reagiu negativamente antes da expiração.

Um contrato de opção de compra é um derivativo financeiro que dá ao titular o direito, mas não a obrigação, de comprar um ativo específico — neste caso, o Bitcoin — a um preço predeterminado. Uma opção de venda dá ao titular o direito de vender.

Quando um investidor compra uma opção de compra, essencialmente está apostando que o preço do ativo subjacente subirá acima do preço de exercício antes que a opção expire. O preço de exercício representa o preço pré-determinado pelo qual a opção é comprada.

Publicidade

Por exemplo, uma opção de compra para maio com preço de exercício de US$ 27.000 significa que, para o comprador obter lucro, o preço deve ser superior a US$ 27.000 no vencimento.

Normalmente, o mercado tende a flutuar em direção ao ponto de máxima dor próximo à expiração das opções. O ponto de máxima dor para o evento de expiração de hoje foi de US$ 27.000 para o Bitcoin e US$ 1.800 para o Ethereum, aproximadamente os preços atuais.

O ponto de dor máxima no mercado de opções refere-se ao nível de preço em que os compradores de opções incorrerão em perdas máximas.

Bitcoin e Ethereum com baixa liquidez

Era esperado que as atuais condições de baixa liquidez do mercado agravassem o impacto do evento de expiração de opções.

Publicidade

A liquidez do Bitcoin diminuiu no segundo trimestre de 2023 devido a eventos como o fim do programa de negociação sem taxa da Binance, crises bancárias e questões macroeconômicas, como o debate em andamento sobre o teto da dívida nos Estados Unidos.

O co-fundador da empresa de pesquisa criptográfica Jarvis Labs, Ben Lilly, mediu a queda na liquidez usando a métrica do delta de volume acumulado (CVD) para os mercados à vista e futuros. O CVD mede a mudança acumulada no volume de ordens de compra e venda à medida que o preço se move.

É usado para analisar o fluxo de volume e pode fornecer insights sobre a força ou fraqueza de uma tendência ou movimento de preços.

Lilly descobriu que o CVD à vista diminuiu drasticamente desde meados de abril, indicando que os traders não estão mostrando interesse em impulsionar os preços para cima ou para baixo.

Além do evento de expiração de opções, Lilly acrescentou que, uma vez que os contratos de maio expirem, a atenção do mercado se voltará para junho, que atualmente apresenta um nível máximo de dor de US$24.000 para o Bitcoin e US$1.600 para o Ethereum.

Publicidade

“Depois que essa desmontagem de maio ocorrer e os contratos expirarem, estaremos olhando para junho e a estrutura deve estar mudando, o que indica um recuo em direção a US$24.000”, escreveu Lilly.

O principal trader da Biyond Capital, Nathan Batchelor, ecoou a análise acima.

“Em condições de negociação de baixo volume e baixa liquidez, como agora, também é possível que as ações das opções provoquem volatilidade nos preços”, disse ele ao Decrypt. “A maioria das puts de alto volume é observada em torno de US$25.250, então tenha cuidado com mais desvantagem na sexta-feira se US$25.850 for ultrapassado”.

Analistas da Deribit concordaram com a possibilidade de uma onda de volatilidade com base na leitura historicamente baixa de volatilidade implícita de curto prazo, que precedeu um rali de mercado em janeiro de 2023.

A volatilidade implícita é uma medida da expectativa do mercado em relação à volatilidade futura ou flutuações de preços de um ativo subjacente.

O diretor comercial da Deribit, Luuk Strijers, disse ao Decrypt que, embora a instância anterior tenha resultado em um movimento de alta, ela “também poderia ter sido um colapso do mercado”.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”
criptomoedas caindo no fogo

Volume de negociação em corretoras de criptomoedas cai pela 1ª vez em 7 meses

Análise aponta que guerra no Oriente Médio e freio no fluxo dos ETF cripto dos Estados Unidos foram os motores para a queda
Ministro Zhaslan Madiyev ex-gerente Binance Cazaquistão

Gerente da Binance é nomeado ministro de Desenvolvimento Digital no Cazaquistão

Depois de passagens por bancos e órgãos do governo cazaquistanês, Zhaslan Madiyev ocupa agora o maior cargo do Ministério de Desenvolvimento Digital, Inovações e Indústria Aeroespacial