Imagem da matéria: EUA processam criadores da pirâmide financeira Forsage, que deixou prejuízo de R$ 1,5 bilhão
Foto: Shutterstock

A SEC (Securities and Exchange Commission), agência dos EUA equivalente a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no Brasil, apresentou acusações contra 11 pessoas por atuarem no que a entidade está chamando de “esquema fraudulento de pirâmide cripto”.

A empresa, chamada Forsage, teria amealhado mais de US$ 300 milhões – cerca de R$ 1,5 bilhão – de investidores de forma ilícita em países ao redor do mundo, incluindo os EUA. A SEC abriu processos contra os quatro fundadores e mais um grupo de pessoas que promoveram o esquema fraudulento.

Publicidade

“Os fraudadores não podem contornar as leis federais de valores mobiliários concentrando seus esquemas em contratos inteligentes e blockchains”, disse Carolyn Welshhans, chefe interina da unidade de ativos cripto e cibernéticos da SEC, que liderou a investigação.

Pirâmide Forsage

De acordo com a queixa criminal da SEC em 2020, fundadores baseados na Rússia, República da Geórgia e Indonésia criaram o Forsage, um site que permitiu que milhões de investidores de varejo realizassem transações por meio de contratos inteligentes usando as blockchains Ethereum, Tron e Binance.

Os usuários da Forsage obtiveram retorno ao recrutar outras pessoas para ingressar no suposto esquema, que ocorreu há mais de dois anos. Além disso, a Forsage teria usado fundos de novos investidores para pagar investidores anteriores, o que a SEC diz ser típico de esquemas Ponzi.

Ações de cessar e desistir foram tomadas por reguladores nas Filipinas e pelo Comissário de Valores Mobiliários e Seguros de Montana (EUA), que fez contato com Forsage em março do ano passado. Segundo a SEC, os indivíduos acusados no caso continuaram promovendo o esquema e negaram as acusações em vários vídeos do YouTube.

Publicidade

Um canal do YouTube que afirma ser o oficial da Forsage obteve cerca de 170 mil visualizações e tem cerca de 6.500 inscritos. Inclui vídeos – a maioria com aproximadamente um minuto de duração – de pessoas falando sobre como suas vidas foram melhoradas pelo Forsage.

Ao mesmo tempo, o site da Forsage afirma ter atraído mais de 2 milhões de participantes. Ele diz que cerca de 2.500 pessoas se juntaram ao Forsage no último dia e que os membros foram recompensados com mais de US$ 1,35 bilhão.

Embora os fundadores da Forsage estejam sediados fora dos EUA, a SEC acusou americanos que vivem em Illinois, Mississippi, Kentucky e Flórida de supostamente ajudar a promover o esquema.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token
Smartphone mostra logotipo da Receita Federal; ao fundo, um leão

Prazo para entrega do Imposto de Renda termina nesta sexta; veja como declarar criptomoedas

Com mudanças neste ano na declaração de criptomoedas, o contribuinte precisa ficar atento para não perder o prazo do Imposto de Renda, que vai até o dia 31
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins