Imagem da matéria: EUA: Condado de Wyoming faz parceria com Overstock e vai registrar terras em blockchain
(Foto: Shutterstock)

Registro de terras em blockchain está se tornando realidade no estado americano Wyoming, segundo comunicado de imprensa publicado na última quinta-feira (20) pela Overstock, empresa realizadora do projeto.

O Condado de Teton, com cerca de 23.000 habitantes, incluindo a cidade de Jackson e parte do Parque Nacional de Yellowstone, assinou um memorando de entendimento (MOU) com uma subsidiária da multinacional Overstock, a startup Medici Land Governance, para dar início ao empreendimento.

Publicidade

[Empresas e organizações podem usar um ‘MOU’ para estabelecer um acordo formal entre duas ou mais partes. Este tipo de documento não é juridicamente vinculativo, mas carrega um grau de seriedade e respeito mútuo]

Outra subsidiária também terá um papel fundamental. A Medici Ventures é que vai construir o novo sistema de registros por meio do Open Index Protocol (OIP), um protocolo blockchain desenvolvido inicialmente pelo Grupo LLC.

De acordo com a Overstock, o novo sistema vai acompanhar as transações imobiliárias, como hipotecas e registros similares desde 1996, preservando proteções de privacidade existentes e o acesso público.

As informações do título que estão obscuras para exibição no sistema atual também serão obscurecidas no sistema baseado em blockchain, mas todos os registros públicos estarão disponíveis no escritório do cartório do condado”, diz a nota.

Publicidade

“Estamos orgulhosos de ver Wyoming liderar o caminho na implementação de tecnologias de ponta como blockchain em mercados existentes como registro de terras”, disse Sherry Daigle, do escritório do Condado de Teton.

Ele acrescentou que “se o novo sistema for bem sucedido, pode ser expandido para outros condados.

Devon James, cofundador da OIP, disse à Coindesk por meio de um porta-voz que ficou sabendo dos esforços de Wyoming em abraçar a tecnologia blockchain e resolveu apoiar.

“Comecei a frequentar os encontros do ‘Blockchain Task Force’ e participar das discussões públicas, mas estava particularmente interessado na iniciativa ‘Real Property Records na Blockchain’ (Registros Imobiliários no Blockchain, traduzido para o português) porque trabalhamos nisso há quase 5 anos… é uma base de dados pública mundial onde qualquer pessoa pode publicar, ler, exibir, vender ou auditar os registros, tornando-a perfeita para o uso nesses casos”, disse James.

Segundo Caitlin Long, cofundador da associação ‘Wyoming Blockchain Coalition’ e ex-presidente da ‘Enterprise Blockchain Startup Symbiont’, a ideia do projeto partiu do senador Ogden Driskill, que se reuniu com James e vários funcionários do Condado.

Publicidade

Long disse que em Wyoming existem seis projetos de lei sobre regulamentação de blockchain em espera para serem discutidos na próxima sessão legislativa em janeiro de 2019 que, segundo ele, têm grandes chances de serem aprovadas.

Ele acredita que muitos seguirão esta iniciativa de registros de terras e que o próximo passo para o estado será colocar todos os registros corporativos em um blockchain.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE

Paraguai usa inteligência artificial para encontrar fazenda ilegal de mineração de Bitcoin

Autoridades apreenderam 176 ASICs em Saltos de Guairá com ajuda de sistema que mede a tensão de redes elétricas
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”