Sombra de espiões com a bandeira da China
Shutterstock

O Departamento de Justiça dos EUA acusou na noite de segunda-feira (24) dois oficiais de inteligência chineses de tentar subornar um funcionário do governo dos EUA com US$ 61 mil em Bitcoin com o objetivo de roubar documentos relacionados a uma investigação sobre a gigante de tecnologia chinesa Huawei.

“O Departamento de Justiça não tolerará tentativas de qualquer potência estrangeira para minar o Estado de Direito sobre o qual a nossa democracia se baseia”, disse o Procurador-geral dos EUA, Merrick Garland, durante uma conferência de imprensa anunciando a prisão dos dois agentes.

Publicidade

O órgão norte-americano diz que a operação começou em 2019, quando os dois oficiais de inteligência abordaram um funcionário do governo, que era um agente duplo que trabalhava para o o FBI.

De acordo com o anúncio do  Departamento de Justiça dos EUA, Guochun He e Zheng Wang supostamente queriam roubar arquivos e outras informações do Gabinete do Procurador dos EUA do distrito leste de Nova York.

Os documentos que os dois agentes alegadamente procuravam estão relacionados com uma investigação federal em curso e com um processo contra uma empresa global de telecomunicações, conhecida como Empresa-1 no processo, com sede na República Popular da China. O Wall Street Journal confirmou separadamente que a empresa era a Huawei.

As acusações do Departamento incluem conspiração para repatriar à força cidadãos da China, tentativa de obstrução de um processo criminal e conspiração para agir como agente ilegal de um país estrangeiro.

Publicidade

O Departamento da Justiça apresentou esta queixa juntamente a outra, detalhando uma operação disfarçada ainda maior que revelou outras 13 outras pessoas envolvidas.

Na denúncia, eles alegam que, em setembro de 2022, Guochun disse ao funcionário do governo que eles forneceriam um pagamento extra em Bitcoin para informações adicionais além do que já havia sido fornecido. Em outubro, os agentes supostamente pagaram ao funcionário US$ 20 mil em Bitcoin.

A empresa de inteligência em blockchain Elliptic revelou posteriormente que sua análise das transações de Bitcoin do caso mostra que os agentes chineses utilizaram o serviço de recombinação de transações do Wasabi Wallet (CoinJoin) na tentativa de ocultá-las.

“Havia informações suficientes na queixa criminal para identificar exclusivamente as transações de Bitcoin”, disse o Cientista-Chefe e co-fundador da Elliptic, Tom Robinson ao Decrypt em um e-mail. “Em seguida, usamos nossas ferramentas de análise de blockchain para rastrear a origem dos pagamentos e identificar o uso do Wasabi.”

Publicidade

Robinson diz que a Elliptic possui “técnicas especiais” para identificar endereços de Bitcoin associados à carteira Wasabi.

Espionagem chinesa

“A queixa de hoje ressalta os esforços incansáveis do Governo da China para minar o estado de direito”, disse o Procurador dos Estados Unidos, Breon Peace, em um comunicado. “Como se alega, o caso envolve um esforço dos oficiais de inteligência da China para obstruir um processo criminal em andamento, fazendo subornos para obter arquivos deste escritório e compartilhando-os com uma empresa global de telecomunicações que é acusada em um processo em andamento.”

O uso do Bitcoin no crime tem sido um motivo para os reguladores atacarem ainda mais o setor, e autoridades em todo o mundo usaram esses casos para pedir a regulação de ativos digitais e criptomoedas. Autoridades dos EUA intensificaram os esforços em 2022 para conter o uso de criptomoedas na lavagem de dinheiro e outras atividades criminosas, incluindo a proibição de cidadãos dos EUA de usar o serviço de mistura de criptomoedas Ethereum, o Tornado Cash.

“As mesmas propriedades dos ativos digitais que os tornam atraentes para os criminosos – como resistência à censura, pseudônimo e a facilidade com que podem ser transferidos através das fronteiras – também os tornam ferramentas valiosas para todas as agências de inteligência que procuram financiar operações clandestinas”, escreveu Elliptic.

Se condenado, Guochun He pode pegar até 60 anos e Wang pode pegar até 20 anos de prisão.

“Sempre agiremos decisivamente para combater os atos criminosos que visam nosso sistema de Justiça”, disse Peace.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Aprenda a ganhar dinheiro com Cripto: Você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Garanta sua vaga aqui!

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais