Imagem da matéria: Ethereum atinge a marca de 1 milhão de validadores
Foto: Shutterstock

O Ethereum atingiu a marca de 1 milhão de validadores, com 13.900 nós suportando a rede. Com isso, agora são de 32 milhões de Ether em staking, o que equivale a mais de US$ 114 bilhões, representando cerca de 26% da oferta total da criptomoeda.

Os validadores no Ethereum — assim como em outras redes — ajudam a manter a segurança da blockchain, propondo e validando blocos, garantindo assim o consenso da rede. Esses validadores fazem isso colocando 32 ETH em staking em troca de recompensas.

Publicidade

André Franco, head de research do Mercado Bitcoin, durante o podcast CryptoTalks, disse que a marca atingida “reforça a tese do Ethereum como grande plataforma de contratos inteligentes, o que fica claro dada a confiança dos validadores”.

A plataforma de staking Lido – que permite aos usuários fazer staking de pequenas quantidades de Ether – é responsável por cerca de 30% do total de tokens em staking, de acordo com um painel do Dune Analytics.

Apesar de ser visto com bons olhos, o aumento do número de validadores também gera algumas preocupações com desafios que a rede irá enfrentar. Alguns especialistas apontam algumas questões, como possível aumento de falhas nas transações.

“O número [de validadores] é impressionante, mas artificialmente inflado pelo limite de 32 ETH”, argumentou o criador da Coinbase Wallet, Peter Kim, acrescentando: “Isso vai mudar em breve”.

Publicidade

Kim se refere à próxima atualização Pectra que aumentará a quantidade máxima de Ether em staking por validador para até 2.048 ETH. Isto significa que uma quantidade muito maior de Ether pode ser colocada em staking com menos validadores. A mudança está prevista para o final de 2024 e provavelmente terá um efeito atenuante no número de validadores.

Por outro lado, o aumento na participação dos validadores sinaliza uma vitória na jornada do Ethereum em direção a uma maior descentralização. Em resposta aos maiores desafios, o cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, propôs soluções, entre elas o conceito de penalizar os validadores com base no seu desempenho histórico, visando fortalecer ainda mais a resiliência do Ethereum contra as adversidades.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Dados do Banco Central mostram que a importação de criptoativos saltou de US$ 1,4 bilhão no primeiro bimestre de 2023, para US$ 2,9 bilhões no início deste ano
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance é transferido para prisão subterrânea na Nigéria 

A Justiça transferiu Tigran Gambaryan para presídio após fuga de seu colega da Binance que também estava detido na Nigéria
Logo da Binance

Binance anuncia conselho diretor global, mas não revela onde será sua sede

Entre os três membros externos estão dois executivos do mercado financeiro e um ex-embaixador de Barbados nos Emirados Árabes Unidos
Imagem da matéria: Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar "o mais rápido possível"

Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar “o mais rápido possível”

Os desenvolvedores da Solana criaram uma correção para o congestionamento e pedem ajuda dos validadores nos testes