ETFs de Bitcoin são superestimados e não influenciam muito no preço, diz fundador do Ethereum

Debate no Twitter faz Vitalik Buterin doar R$ 1,2 milhão a três startups de Blockchain
Vitalik Buterin, fundador do Ethereum


Vitalik Buterin, fundador do Ethereum, disse em um tuíte neste domingo (29) que associar a rejeição de um ETF Bitcoin com a queda da criptomoeda é uma relação exagerada e isso não gera muito impacto no preço e, segundo o que suas palavras sugerem, isso causa um caos desnecessário.

Seu comentário deu-se após muita discussão na mídia e nas redes sociais desde que o pedido de listagem de ETF baseado em Bitcoin dos irmãos Winklevoss foi rejeitado pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) no dia 26 de julho.

“Eu acho que há muita ênfase nos ETFs de BTC/ETH, e não há ênfase suficiente em tornar mais fácil para as pessoas comprarem em lojas de esquinas US$ 5 ou US$ 100 com criptomoedas, seja por cartão de débito, crédito, etc. O primeiro [ETF] é melhor para um pump no preço, mas o segundo [uso no dia a dia] é muito melhor para adoção real.”, disse Buterin.

Buterin se referiu a um problema dentro da comunidade das criptomoedas. As pessoas que se concentram num criptoativo como um investimento e não como um meio de pagamento viável para o dia a dia.

Ele acredita que a ideia de uso das criptomoedas no mundo real, com maior aceitação do meio de pagamento no comércio, com cartões de débito, crédito, entre outros, é muito mais saudável para o mercado e que os ETFs seriam mais interessantes para os investidores corporativos e institucionais.

No post do Twitter, Buterin respondeu a um comentário do usuário David Weisberger, que disse que “ambos aspectos [tanto ETF quanto o uso real] são importantes, pois eles funcionam tanto como investimento como um meio de troca”.

“Concordo, embora eu pessoalmente ache que o nível atual de adoção é desequilibrado. Há muito investimento e pouco uso”, respondeu Buterin.



Rejeição da SEC

A SEC rejeitou na semana passada o pedido de ETF baseados em Bitcoin dos irmãos Winklevoss, fundadores da exchange Gemini. Esta foi a segunda tentativa frustrada dos gêmeos em listar o criptoativo numa bolsa de valores regulamentada.

Uns dos argumentos da reguladora foi de que o produto apresentado pelos Winklevoss não passou no quesito ‘investimentos’ e que a prática no mercado de criptomoedas é feito em um mercado ‘offshore’ amplamente não regulamentado.

Outro pedidos seguem aguardando. A agência protelou para setembro apenas a análise da Direxion Investments, de acordo com uma nota publicada nesta terça-feira (24) no Diário Oficial do Governo dos Estados Unidos (GPO).

Os pedidos de ETF de Bitcoin da VanEck e da SolidX seguem sob análise da SEC.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br