Baleia
Shutterstock

Mesmo com queda nos preços das criptomoedas geradas pelo chamado inverno cripto, algumas métricas em blockchain sugerem que a confiança entre as “baleias” de bitcoin (BTC) — nome dado aos investidores que compram grandes quantidades de ativos — está longe de estar enfraquecida.

Neste momento, a principal criptomoeda do mercado está cotada abaixo de US$ 20 mil — registrando uma queda de 35% no ano e 71% distante de seu recorde de US$ 69 mil, em novembro de 2021.

Publicidade

Durante enormes liquidações como essa, muitos investidores encerraram suas posições. Porém, esse não parece ter sido o caso quando o assunto são investidores que possuem mais de 1 mil BTC — as baleias.

Novos dados do IntoTheBlock indicam que esse grupo continuou acumulando moedas mais baratas apesar dos preços em queda.

(Imagem: IntoTheBlock)

“No último mercado de baixa de vários anos, baleias de bitcoin tomaram vantagem para acumular em alto ritmo, conforme destacado pela seta vermelha no gráfico”, disse Juan Pellicer, analista de pesquisa na empresa de análise em blockchain IntoTheBlock, ao Decrypt.

Porém, Pellicer destacou que, embora o saldo de baleias continue aumentando, “até agora, não as vimos fazendo isso com a mesma intensidade no último ciclo de baixa”.

Esta semana, a empresa de análise em blockchain Glassnode também afirmou que baleias estão aumentando suas alocações significativamente, adquirindo 140 mil BTC por mês diretamente de corretoras.

Publicidade

Atualmente, baleias possuem cerca de 8,69 milhões de BTC (ou 45,6%) do fornecimento total de 21 milhões de bitcoins, de acordo com a Glassnode.

Existe a possibilidade de os preços subirem?

Baleias comprando bitcoin a preços mais baixos é algo que teoricamente poderia sinalizar a volta a um novo ciclo de alta.

Ainda assim, quando perguntado sobre a probabilidade de tal cenário, Pellicer disse que não existem “evidentes estruturas em blockchain que destaquem uma recuperação de mercado muito rápida”.

No entanto, existem alguns aspectos positivos, acrescentou ele, destacando a contínua confiança entre investidores do varejo — holders cujo saldo varia entre 0,1 BTC e 1 BTC — que “estão obtendo vantagem da queda do mercado para acumular a um ritmo mais acelerado do que o normal”.

Publicidade

“Esse rápido ritmo de acumulação pelo varejo só foi registrado nos dois últimos anos logo após a queda da covid-19 em que, na época, o preço se recuperou bastante algumas semanas depois”, explicou Pellicer ao Decrypt.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Imagem da matéria: Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

A CVM multou a pirâmide financeira Atlas Quantum após identificar indícios “robustos e consistentes” de que tudo não passava de uma operação fraudulenta
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev