Imagem da matéria: Estudo mostra que manifestantes que invadiram o Capitólio receberam R$ 5,6 milhões em bitcoin
Nick Fuentes, no centro com megafone na mão, recebeu 13.5 bitcoins (Foto: Twitter)

Um doador anônimo enviou 28.15 bitcoins (cerca de R$ 5,6 milhões) para manifestantes de extrema-direita que invadiram o Capitólio — sede do Congresso dos Estados Unidos — na semana passada, segundo um estudo da Chainalysis, empresa de dados de criptomoedas e blockchain.

De acordo com a companhia, o doador — identificado apenas como um programador francês — transferiu os bitcoins para 22 endereços diferentes no dia 8 de dezembro por meio de uma exchange localizada na França.

Publicidade

Um dos manifestantes que recebeu bitcoins foi Nick Fuentes, comentarista político de extrema-direita que participou da manifestação em frente ao Capitólio. Segundo a análise da empresa, ele recebeu sozinho 13,5 bitcoins, o equivalente a R$ 2,6 milhões.

Além de Fuentes, a Chainalysis identificou também que a Vdare.com, um site anti-imigração dos Estados Unidos, e Ethan Ralph, um streamer do grupo extremista alt-right, também foram beneficiadas com as criptomoedas.

Como a empresa descobriu o doador e a transferência

A empresa descobriu as transferências usando inteligência de código aberto, uma metodologia que permite a coleta e a análise de informações públicas. Vale lembrar que todas as transferências de bitcoin são registras na blockchain, uma rede descentralizada que pode ser acessada por qualquer um.

A Chainalysis disse que os bitcoins saíram de uma carteira virtual criada em 2013. Essa carteira, ainda segundo a companhia, estaria associada ao NameID, um serviço que permite aos usuários associar seu endereço de bitcoin com sua identidade online e endereços de e-mails.

Publicidade

O dono da wallet, ainda conforme a empresa, seria programador francês que usa o pseudónimo de ‘pankkake’. O nome verdadeiro dele não foi descoberto.

Doador deixou suposta carta de suicídio

Ao buscar por informações relacionadas ao pseudônimo, a Chainalysis informou que chegou ao blog pessoal do doador, que estava inativo desde 2014. No entanto, em 9 de dezembro (um dia depois da doação), uma carta foi publicada no site pessoal.

Nela, o autor disse que estaria com problemas de saúde e, por causa disso, iria tirar a própria vida. Em outras partes, segundo trechos compartilhados pela Chainalysis, o autor também deu indícios de que iria se desfazer de sua fortuna e deu indícios de que se identifica com as crenças da extrema-direita.

Ele falou, por exemplo, que “legou [sua] fortuna a certas causas e certas pessoas”. Disse também que “a civilização ocidental está em declínio” e que ocidentais são encorajados a “odiar seus ancestrais”. Falou ainda que George Floyd, homem negro morto por policiais, na verdade morreu por causa de suposta overdose de drogas.

Essas ideias geralmente são defendidas por grupos de extrema direita dos Estados Unidos, como o alt-right.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin fecha 1º trimestre com alta de 66% e novo recorde de preço

Bitcoin fecha 1º trimestre com alta de 66% e novo recorde de preço

O Bitcoin fecha o primeiro trimestre do ano com uma valorização de 66,8%, cotado hoje a US$ 70.700
moeda de bitcoin ao lado de tela com sigla NFT

Binance vai encerrar suporte a NFTs baseados no Bitcoin 

Com o fim do suporte para Ordinals, a Binance aconselha os usuários a transferir esses ativos para fora da plataforma
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Como será o futuro do Bitcoin à medida que recompensas aos mineradores ficam cada vez menores?

O que vai acontecer em 2140, quando os mineradores de Bitcoin não ganharem mais recompensas por blocos minerados?
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Quedas resultaram em quase US$ 200 milhões em posições de derivativos alavancadas liquidadas em diversos criptoativos, segundo CoinGlass