vista detrás de jogadores entrando em campo-Nike-NFTs
EA Sports fifa 23 (Reprodução/Instagram)

A Nike, gigante de vestuário esportivo e de grande potencial Web3, anunciou na quinta-feira (1º) uma parceria com a fabricante de games EA Sports em uma iniciativa que pode envolver NFTs. Supõe-se que sejam colecionáveis digitais planejados de equipamentos da Nike por meio da ‘.Swoosh’, plataforma que será integrada aos futuros jogos da companhia.

Embora até agora não tenha sido mencionada a palavra “NFTs”, .Swoosh é a plataforma Web3 da Nike que foi anunciada no ano passado e que ainda se encontra fechada ao público em sua versão beta.

Publicidade

A .Swoosh foi desenvolvida no blockchain da Polygon, uma segunda camada da rede Ethereum, e atualmente oferece apenas colecionáveis NFT de tênis digitais e cartões de fidelidade.

Em um comunicado, a Nike afirmou que está trabalhando com a editora de jogos de vídeo esportivos para “tornar disponíveis seleções de criações virtuais .Swoosh” nos próximos jogos da EA Sports. De acordo com o anúncio, as duas marcas esportivas irão “criar novas experiências imersivas” com ênfase na personalização.

O teaser em vídeo acima mostra equipamentos de futebol e de futebol americano da marca Nike, juntamente com uma imagem de um colecionável NFT .Swoosh que exibe um capacete de futebol americano.

De acordo com o site da .Swoosh, a Nike se refere aos tokens como criações virtuais da marca, que incluem tênis digitais, roupas, acessórios e outros colecionáveis que podem ser usados em jogos ou resgatados para ter acesso a produtos exclusivos, eventos e muito mais.

Publicidade

“Nike e EA Sports compartilham o compromisso com a inovação, criatividade e excelência, e estamos empolgados em fazer parceria com eles. Essa parceria nos permitirá oferecer experiências incríveis para nossa comunidade ‘.Swoosh’ e para a enorme base de fãs da EA Sports”, disse Ron Faris, gerente geral dos Estúdios Virtuais da Nike. 

Um colecionável NFT .Swoosh da EA Sports em destaque (Imagem: Nike)

Andrea Hopelain, vice-presidente sênior de marca da EA Sports & Racing, acrescentou que a editora tem como objetivo “colocar a criatividade e a expressão pessoal em primeiro plano para os fãs, à medida que eles se conectam, competem e compartilham seu amor pelo esporte”.

Não foram revelados mais detalhes sobre a colaboração, mas a Nike afirmou que mais informações sobre seu trabalho com a EA Sports serão compartilhadas “nos próximos meses”.

A EA Sports é uma divisão da editora de jogos Electronic Arts, responsável por franquias de jogos como Apex Legends, The Sims e Battlefield. A EA Sports lançou jogos esportivos com as marcas Madden NFL, FIFA, NHL e NASCAR desde sua fundação em 1991.

Publicidade

Apesar de estar fechado para o público em geral, a .SWOOSH lançou sua primeira coleção de NFTs em sua plataforma no mês passado, vendendo mais de 92.000 tokens não fungíveis. O lançamento Our Force 1 começou com uma distribuição gratuita de NFTs e depois vendeu caixas de tênis digitais que “se abrem” revelando tênis digitais.

Nike e NFTs

A Nike tem obtido um enorme sucesso financeiro com seus lançamentos de NFTs até o momento, com uma receita total de mais de US$ 186 milhões desde dezembro de 2021, de acordo com uma análise da Dune Analytics.

Grande parte dessa receita vem da RTFKT, a startup Web3 que a Nike adquiriu e que criou os NFTs CloneX em parceria com o artista Takashi Murakami, além dos Nike CryptoKicks baseados em NFTs e tênis físicos exclusivos que só podem ser adquiridos por meio de NFTs resgatáveis.

Recentemente, a lenda da NBA, LeBron James, foi visto usando um CryptoKicks antes de um jogo das finais.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…