Imagem da matéria: Estúdio brasileiro fecha parceria com The Sandbox para construir o Brasil no metaverso
A cidade Sports Land é inspirada na paisagem brasileira (Imagem: Divulgação/The Sandbox)

O Brasil já tem o seu cantinho reservado no metaverso graças a uma nova parceria do The Sandbox com o estúdio brasileiro de jogos Hermit Crab.

Os desenvolvedores estão criando dentro do The Sandbox uma cidade inspirada na cultura brasileira. Além da cidade trazer o visual característico do Rio de Janeiro como as praias e as favelas, o foco desse universo está na oferta de experiências esportivas aos jogadores.

Publicidade

De acordo com o anúncio oficial do The Sandbox, a cidade será chamada de “Sports Land” e dentro dela, os jogadores poderão interagir no mundo aberto e praticar uma variedade de esportes com outros usuários, como futebol, basquete, golpe, escalada, skate, tênis, parkour, entre outros. 

O teaser de como está ficando a cidade brasileira no metaverso foi divulgado na quinta-feira (17).

A equipe do The Sandbox explica que além do jogador poder competir no seu esporte favorito, o Sports Land também trará missões especiais e a possibilidade de colecionar tokens não fungíveis (NFTs) ligados ao mundo dos esportes, como clubes de futebol, atletas e ligas esportivas.

Brasileiros no metaverso

Para entender melhor como será o Brasil no metaverso, o Portal do Bitcoin conversou com o CEO da Hermit Crab, Matheus Vivian. Ele é ex-jogador de futebol com passagem por diversos clubes europeus e brasileiros, como Grêmio e Botafogo, mas que desde 2016 trabalha no setor de games através da Hermit Crab.

Embora o setor de negócios do estúdio esteja localizado na França, onde mora Vivian, toda a equipe de desenvolvedores é baseada em Porto Alegre (RS).  

Publicidade

O estúdio é especializado no desenvolvimento de jogos esportivos para celular e já lançou aplicativos em parceria com grandes clubes europeus, como Paris Saint-Germain, Arsenal e Manchester City. Agora, a empresa inicia uma nova jornada com a parceria com o The Sandbox.

“Nosso objetivo sempre foi de unir game e esporte, tentando criar uma comunidade, um engajamento entre as pessoas para os conteúdos, e é isso que vamos fazer no Sandbox. Nós seremos proprietários de um terreno virtual lá dentro onde vai ser construída a Sports Land e ali nós vamos criar as experiências voltadas ao esporte. O nosso universo vai ser inspirado no Brasil, nas cores da América do Sul, mas bastante voltado ao Rio de Janeiro”, explica Vivian. 

Ele relata que chegou até a equipe do The Sandbox através de conhecidos na indústria game, e ambas as partes acharam positiva a parceria. “Nós tivemos uns dois meses de namoro com alguns testes para ver se a nossa equipe iria se sentir confortável em construir na plataforma. Logo vimos que a ideia tinha um grande potencial de dar certo”, conta.

A expectativa é que o Sports Land esteja aberto para os jogadores no segundo semestre de 2022. Até lá, o plano da empresa será buscar o licenciamento de marcas, além de parcerias com clubes e atletas que poderão vender itens colecionáveis da forma de NFTs dentro do Sports Land.

Publicidade

“Como somos os proprietários do terreno, nós criamos os NFTs que serão colocados à venda, fazendo toda a gestão. Mas nosso desejo é trabalhar com grandes marcas e trazer a melhor experiência para o usuário, como permitir que ele compre a camiseta do seu clube preferido, ou o avatar de algum atleta”, diz Vivian ao revelar já estar em diálogo com diversas companhias do setor.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

O ex-ministro Tareck El Aissami foi preso por participar de esquema que desviou US$ 15 bilhões da venda de petróleo usando criptoativos
Imagem da matéria: Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por "cruz da morte"; entenda os efeitos

Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por “cruz da morte”; entenda os efeitos

A “cruz da morte” poderá frear os avanços do Ethereum e demais altcoins
Imagem da matéria: Worldcoin lança blockchain própria onde "humanos verificados têm prioridade"

Worldcoin lança blockchain própria onde “humanos verificados têm prioridade”

Usando tecnologia da Optimism, a World Chain será uma rede dedicada e que preserva a privacidade dos usuários da Worldcoin
Imagem da matéria: Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Troca de farpas entre Elon Musk e ministro do STF levanta possibilidade de suspensão do X/Twitter no país