Imagem da matéria: Estatal de notícias da China irá emitir NFTs na véspera de Natal
Foto: Shuttertock

Nesta quarta-feira (22), a agência de notícias oficial e operada pelo governo chinês Xinhua disse que planeja emitir uma série de tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) na véspera de Natal às 9h (horário de Brasília) via seu aplicativo de notícias.

De acordo com o anúncio oficial, a distribuição de NFTs pela Xinhua será composta de onze diferentes coleções de fotojornalismo, com dez mil cópias cada, e uma coleção de “edição limitada”, em que cada uma registra “muitos momentos históricos e preciosos de 2021”.

Publicidade

Momentos históricos celebrados na coleção incluem a celebração centenária do Partido Comunista da China na Praça Tiananmen e o marco da nação de ter administrado mais de 2,7 bilhões de doses de vacina,

Xinhua usará Zxchain (o blockchain da gigante empresa nacional de redes sociais Tencent e autorizada pelo governo) para emitir os colecionáveis,

Criptoativos na China

A notícia desta quarta-feira parece ser uma contradição, dada a postura oficial do governo chinês sobre criptomoedas. Este ano, autoridades chinesas reprimiram atividades cripto no país, enviando ondas de choque para mercados globais.

Os preços do bitcoin (BTC) despencaram em maio quando três das principais empresas de pagamentos do país reiteraram seu apoio pela proibição de 2017 do banco central para transações cripto.

Publicidade

Na sequência, autoridades chinesas começaram a encerrar operações de mineração em todo o território, suspendendo o fornecimento de energia a pelo menos 26 fazendas de mineração apenas na província de Sichuan.

Autoridades em Xinjiang também emitiram ordens de fechamento para operações locais de mineração.

Desde então, mineradores cripto chineses se realocaram no exterior enquanto os EUA se tornou o maior mercado de mineração de bitcoin do mundo e a taxa de hashes da rede Bitcoin se recuperou de sua queda.

Apesar da postura negativa da China em relação a cripto, investidores do país alocaram dinheiro no emergente “metaverso”, uma tentativa de criar mundos virtuais compartilhados que deve ser apoiado por cripto e NFTs.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Imagem da matéria: Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

“O que vier a seguir está nas mãos de Deus”, disse o dev após assumir o roubo
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop