Imagem da matéria: Entenda a proposta para reduzir taxas de transação da Dogecoin em 100 vezes
(Foto: Shutterstock)

A Dogecoin (DOGE) recebeu no final de semana uma proposta de melhoria que pode tornar realidade o sonho de Elon Musk de ver as taxas da moeda 100 vezes mais barata.

O desenvolvedor Patrick Lodder submeteu no Github uma proposta que quer diminuir a atual taxa padrão de 1 DOGE das transações para 0.01 DOGE. Atualmente, a taxa média está em torno de 2.15 DOGE, ou pouco menos de R$ 3, segundo os dados do BitInfoCharts

Publicidade

A sugestão foi divulgada na noite de domingo (27) por Ross Nicoll, o desenvolvedor líder da Dogecoin Core, que agradeceu Lodder “por todas as pesquisas, análises e redação detalhada” da proposta. 

Elon Musk também repercutiu a novidade no Twitter e em resposta a Nicoll, disse que é “importante apoiar” a atualização. O bilionário foi um dos principais — se não o principal — apoiadores da Dogecoin a defender a redução em 100 vezes das taxas. Na época, ele chegou a afirmar que melhorias como essa poderiam fazer a moeda meme derrotar facilmente o Bitcoin (BTC), o criptoativo nº 1 do mercado. 

O texto de Lodder propõe ainda reduzir a taxa de retransmissão padrão para 0.001 DOGE; diminuir a taxa padrão de inclusão de bloco para 0.01; e reservar um espaço funcional nos blocos para incluir transações gratuitas.

Em relação a taxa mínima recomendada, Lodder comenta que até uma redução menos drástica já traria resultados. “Teríamos apenas que reduzir as taxas recomendadas em 40x, em vez de 100x, para ter um efeito positivo sobre os preços das transações mais comuns e, ao mesmo tempo, tornar mais caras as tentativas de spam”, disse.

Publicidade

Ele defende a redução das taxas citando o impacto que a valorização da moeda causou no custo geral da rede.

“O objetivo da Dogecoin desde o início foi ser acessível a todos, mas com as taxas atuais, os custos são mantidos artificialmente mais altos. As transações de DOGE costumavam ser 10 vezes mais baratas do que as de Litecoin (LTC), e hoje estão quase 5 vezes mais cara”.

Os problemas da Dogecoin

A proposta de Patrick Lodder descreve uma série de problemas que precisam ser resolvidos no atual código da Dogecoin. Foi descoberto, por exemplo, que depois de uma atualização do final de 2018 da Dogecoin, havia um erro em uma “camada gratuita”, herdada do Bitcoin Core, que permitia que 8% de todas as transações da rede fossem incluídas nos blocos sem pagar nenhuma taxa.

“Outros 11% de todas as transações não estavam implementando corretamente as taxas devido à falta de implementações de carteiras que simplesmente faziam o cálculo de taxas semelhante ao do bitcoin”, explicou Lodder.

Publicidade

Proposta polêmica 

Um proposta nesse estilo já foi alvo de críticas de especialistas do setor, como o criador do Ethereum, Vitalik Buterin que argumenta que a rede da DOGE pode perder a sua segurança e descentralização se a escalabilidade for forçada de uma maneira radical. Elon Musk retrucou a crítica de Vitalik no Twitter, dizendo que o desenvolvedor teme o avanço da Dogecoin.

Apesar da proposta ser atrativa para os usuários, ela pode sofrer cerca resistência dos validadores da rede e mineradores, os responsáveis por aprovar ou não a atualização. 

A redução das taxas em 100 vezes vai impactar diretamente no bolso dos mineradores que viram seus lucros dispararem com a valorização da moeda neste ano. Entre os meses de janeiro e abril, a receita da mineração de Dogecoin cresceu 4.500%.

Caso seja aprovada, as novas alterações serão introduzidas nas próximas versões 1.14.4 e 1.14.5 da Dogecoin Core, em seguida compiladas na versão definitiva 1.21.0.

VOCÊ PODE GOSTAR
moedas de Bitcoin, Solana e Ethereum emparelhadas - ao fundo gráfico de mercado

Solana será a próxima criptomoeda a ganhar um ETF? Especialistas respondem

Veja também se Dogecoin, Toncoin e outras criptomoedas poderão futuramente estrear no mercado financeiro tradicional como o Bitcoin e o Ethereum
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona